Drones: Uma nova ferramenta a serviço do marketing


Olá pessoal!

Hoje vamos compartilhar um artigo sobre Drones, sendo utilizados cada vez mais em eventos e atividades que necessitem de sua capacidade de observação. Desejo a vocês uma boa leitura.

Fonte: http://promoview.com.br/

Uma nova tecnologia está entrando com força no mercado do live marketing e traz um ar de surpresa para as ações que são realizadas nos eventos das marcas. São os drones.

Os aparelhos são designados como um Veículo Aéreo Não Tripulado (Vant) ou Veículo Aéreo Remotamente Pilotado (Varp), também chamado UAV (Unmanned Aerial Vehicle) e mais conhecido como drone, que em inglês significa zangão, e dá nome a todo e qualquer tipo de aeronave que não necessita de pilotos embarcados para ser guiada.

Esses aviões são controlados à distância por meios eletrônicos e computacionais, sob a supervisão e governo humano.

drone_foto_

Normalmente utilizados em missões de inteligência militar como apoio de artilharia no campo de batalha, controle de mísseis de cruzeiro, atividades de patrulhamento urbano, costeiro, ambiental e de fronteiras, atividades de busca e resgate, ganharam destaque quando passaram a ser usados para coberturas em vídeo da imprensa mundial.

No meio do marketing promocional, estes aparelhos, que possuem diversos tamanhos, estão cada vez mais presentes na forma de apresentar produtos e experiências novas.

Recentemente, na  Campus Party, a Globo News (Globo Universidade) realizou uma ação de live marketing em que um drone distribuía brindes aos participantes. Os “kits de sobrevivência” incluíram massagens, cafés da manhã e outras ações para tornar a semana dos jovens acampados no evento mais confortável.

drone-na-campus

Para apresentar a nova linha de notebooks, a agência Tudo também recorreu à tecnologia no evento para a Samsung. Os lançamentos da marca chegavam ao local carregados por drones que atravessaram uma plateia com mais de 200 convidados.

Além de trazer a novidade, os aparelhos executaram uma coreografia, integrados com uma projeção em uma supertela no palco, para entreter os convidados durante um vídeo com a apresentação do produto.

Veja o vídeo da ação abaixo:

De acordo com a agência Tudo, o objetivo era impactar o público demonstrando a mobilidade e a leveza dos notebooks.

Há 29 anos sem título, a Portela apostou em tradição e tecnologia para tentar vencer em 2014. A comissão de frente trouxe um drone em formato de águia, que percorreu toda a avenida saudando o público. Neste ano, a escola homenageou a cidade do Rio de Janeiro, com o enredo “Um Rio de mar a mar: do Valongo à Glória de São Sebastião”, do carnavalesco Alexandre Louzada.

Águia-da-Portela_Foto

Também quem esteve utilizando o aparelho nas festas carnavalescas foi a Skol. A marca que patrocinou e promoveu as diversões no Brasil, utilizou drones para captar imagens exclusivas e inusitadas durante os seis dias de folia.

Salvador (BA), Florianópolis (SC), Ouro Preto (MG), Recife (PE) e Olinda (PE) foram as cidades escolhidas para receber os aparelhos durante o feriado.

Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) está em trâmites para tornar comum o uso destas pequenas aeronaves em eventos que não sejam experimentais; a discussão da proposta junto aos interessados do setor tem a finalidade de aprimorar a regulamentação.

Em fevereiro, a Anac realizou um evento que fez parte do processo de desenvolvimento do ato normativo da regulamentação. Os estudos para elaboração deste documento se iniciaram no começo do segundo semestre de 2013.

Em seu portal, a Anac divulgou que o normativo proposto ainda será submetido à audiência pública, oportunidade na qual qualquer interessado poderá encaminhar contribuições. Depois de analisadas, a minuta de regulamento será apresentada para deliberação da diretoria colegiada da agência. A realização da audiência pública e a publicação da norma está prevista para ocorrer ainda neste ano.

Toda essa discussão trata da utilização comercial e corporativa dos RPA’s, como serão chamados os drones, em áreas segregadas, pois a agência exige normas mais rigorosas para operações com aeronaves de maior porte.

Na regulamentação assuntos como segurança, tamanho do aparelho e nomenclatura serão discutidos e liberados para uso de acordo seu tamanho e também para que seja diferenciado do original que tem uso exclusivo militar.

Por Amaní Cruz.

______________________________________

VISITE O PORTFÓLIO R2 CREATIVE 

CONHEÇA UM MUNDO DE APRESENTAÇÕES ESPECIAIS!

_____________________________________

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s