Conheça as novidades do Microsoft Office

Bom dia pessoal,

Novidades sempre são bem vindas não é mesmo? Principalmente aquelas que podem afetar direta ou indiretamente nosso trabalho diário.

Compartilho com vocês um pequeno resumo das novidades lançadas pela Microsoft no pacote Office em PCs e Android:

O pacote Office é conjunto de ferramentas de produtividade mais conhecido do mundo e a sua versão para Android também faz bastante sucesso. E a atualização de julho de 2018 do Office mobile traz seis novidades para três aplicativos.

Word

A versão para Android do editor de textos mais famoso do mundo ganha duas novidades. Uma delas diz respeito ao contador de palavras, que passa a ser exibido mesmo quando o usuário desliza a tela. A segunda novidade do Word é um aprimoramento no sistema de zoom, que adapta o documento exatamente ao tamanho da tela.

Outlook

O Outlook é o programa que mais terá novidades. Uma delas é a possibilidade de apagar contatos pelo app, a segunda é mais facilidade para capturar e o compartilhar imagens e, por fim, a última é o novo modo Não Perturbe, que desativa notificações de novos emails para evitar distrações.

PowerPoint

Quem cria ou edita apresentações no PowerPoint terá uma simples novidade a partir da atualização de julho: a revisão de um documento ficará mais simples, permitindo acesso a comentários, notas e também à edição rápida de slides.

Quem faz parte do programa Office Insider já pode fazer o download das versões atualizadas dos aplicativos do Office para Android diretamente na Play Store.

Fonte: Tecmundo


Acesse nossa área de PORTFÓLIO  e aprecie amostras de nossos trabalhos anteriores.

Peça um orçamento sem compromissos fazendo seu pedido na página CONTATO!

Belas criações para todos e uma excelente semana!


Anúncios

Você conhece o PowerPoint Web APP?

Boa tarde pessoal!

Compartilhando com vocês uma publicação da Microsoft sobre a funcionalidade Web para o PowerPoint.

Com as conexões se tornando cada vez mais abrangente e a criação de APP’s sendo cada vez mais utilizadas, ver a seguir uma breve introdução sobre o PowerPoint Web APP:

Introdução ao PowerPoint Web App

O Microsoft PowerPoint Web App estende a sua experiência do Microsoft PowerPoint ao navegador da Web, no qual é possível trabalhar com apresentações diretamente no site em que estão armazenadas.

Integração perfeita com o PowerPoint

Você cria uma apresentação no Microsoft PowerPoint e deseja postá-la em um site para que outras pessoas possam exibi-la ou até mesmo mostrá-la como uma apresentação de slides. O que fazer se, depois de postá-la, você perceber que se esqueceu de um slide? Não seria incrível se você pudesse corrigi-la rapidamente no próprio site? Isso é possível no PowerPoint Web App.

No Microsoft PowerPoint 2010 e superior você pode começar a usar o PowerPoint Web App salvando sua apresentação na sua biblioteca do SharePoint. Na guia Arquivo clique em Salvar e Enviar e em Salvar na Web ou Salvar no SharePoint.

Agora, sua apresentação está disponível para ser exibida ou mostrada rapidamente, editada no navegador ou reaberta no PowerPoint.

Observação: Não é preciso criar as apresentações no PowerPoint 2010 para abri-las no PowerPoint Web App. Para obter melhor compatibilidade, use o Office PowerPoint 2003 ou posterior, o PowerPoint para Mac 2008 versão 12.2.9 ou o PowerPoint para Mac 2011. Se estiver usando o PowerPoint 2003, instale o Service Pack mais recente e salve as apresentações no computador como arquivos .pptx. Em seguida, carregue a apresentação em um site do SharePoint em que os programas do Office Web Apps estejam configurados.

Exibir uma apresentação no navegador

Quando você abrir sua apresentação no SharePoint, o PowerPoint Web App a abrirá no navegador, onde será possível percorrer os slides, exibir anotações ou alternar para Apresentação de Slides para exibir a apresentação em tela inteira.

Observações:

  • Se você não tiver o Microsoft Silverlight 2 ou posterior instalado, o PowerPoint Web App exibirá uma barra com um link para instalar esse programa. O Silverlight não é obrigatório, mas os slides ficam mais bem dimensionados ao tamanho da janela do navegador, e alguns efeitos de animação serão mais estáveis se você tiver a versão mais recente do Silverlight instalada.
  • Se você receber um convite para exibir uma slides transmitida, clique no link no convite para exibir a apresentação de slides. O apresentador usa PowerPoint 2010 para você percorrer os slides. Para obter mais informações sobre apresentações de slides de difusão na Web, consulte recurso sobre a transmitir apresentação de slides.
  • Apresentações que incluam conteúdo de áudio ou vídeo devem ser abertas no aplicativo de área de trabalho do PowerPoint para reproduzir o áudio ou vídeo. No PowerPoint Web App, clique em Abrir no PowerPoint. Para obter mais informações sobre como abrir apresentações diretamente no aplicativo de área de trabalho do PowerPoint, consulte Editar diretamente no PowerPoint, mais adiante neste artigo.

Imprimir do navegador

Você pode imprimir os slides no PowerPoint Web App. Na guia Arquivo, clique em Imprimir.

Observação:  Um visualizador de PDF é necessário para imprimir no PowerPoint Web App.

Editar no navegador

Para fazer alterações na apresentação, clique em Editar no Navegador.

No modo de exibição de Edição, você pode adicionar e excluir conteúdo e também formatar texto. Também é possível adicionar, excluir, duplicar e ocultar slides.

Você pode adicionar SmartArt, imagens e hiperlinks. Vá para a guia Inserir para adicioná-los.

Se você quiser adicionar efeitos ou fazer alterações em SmartArt ou imagens, clique na imagem e, em seguida, use as ferramentas exibidas na guia que aparece (Ferramentas de SmartArt ou Ferramentas de imagem ).

Para ver a aparência das suas alterações na apresentação, retorne para o modo de exibição de Leitura. Na guia Exibir, clique em Modo de Exibição de Leitura. Se preferir, clique em Apresentação de Slides para visualizar a apresentação de slides, que inclui transições e animações.

O PowerPoint Web App salva a apresentação automaticamente enquanto você trabalha nela. Você não precisa salvar as alterações. Se você fizer alterações que não deseja manter, use o comando Desfazer, ou pressione CTRL+Z (Windows) ou ⌘+Z (Mac).

Editar diretamente no PowerPoint

A edição no PowerPoint Web App é mais adequada para alterações rápidas, como fazer uma correção, adicionar um gráfico ou adicionar alguns slides. Para obter o conjunto completo de recursos do PowerPoint, clique na guia Arquivo e clique em Abrir no PowerPoint.

O PowerPoint Web App abre a apresentação diretamente no aplicativo da área de trabalho PowerPoint, no qual é possível trabalhar de maneira mais substancial — por exemplo, para modificar transições ou editar conteúdo do slide fora dos espaços reservados. No PowerPoint, quando você clica em Salvar, o PowerPoint salva a apresentação também no servidor Web.

Observação: Os navegadores Firefox, Internet Explorer (Windows) e Safari (Mac) oferecem suporte para abrir apresentações diretamente do navegador no aplicativo da área de trabalho PowerPoint. No Windows, você deve usar também o PowerPoint 2003 ou posterior para utilizar esse recurso (se estiver usando o Firefox, você deverá usar também o PowerPoint 2010). No Mac, esse recurso requer o Microsoft PowerPoint para Mac 2008 versão 12.2.9 ou o PowerPoint para Mac 2011.

Fonte: https://support.office.com


Acesse nossa área de PORTFÓLIO  e aprecie amostras de nossos trabalhos anteriores.

Peça um orçamento sem compromissos fazendo seu pedido na página CONTATO!

Belas criações para todos e uma excelente semana!


 

Conheça algumas maneiras de compartilhar a sua Apresentação

Bom dia pessoal!

O objetivo de hoje é compartilhar algumas maneiras que a rede mundial nos oferece para hospedar Apresentações.

É muito comum irmos arquivando informações em nosso computador pessoal ou profissional e quando percebemos, os mesmos começam a ficar mais lentos devido à capacidade de armazenamento que vai ficando pequena e para solucionar isso, sugerimos algumas boas opções utilizando-se de plataforma de hospedagem de Apresentações e assim poder liberar espaços em sua máquina.

Se você criou Apresentações utilizando o PowerPoint, Keynote ou até mesmo o Google Drive, tem à sua disposição diversos serviços online para enviar, utilizar e compartilhar.

Ver a seguir algumas sugestões:

SLIDE SNACK

O SlideSnack é uma ferramenta de compartilhamento de apresentações, que permite que você faça upload e compartilhamento on-line facilmente . Você não precisa enviar e-mails para arquivos do PowerPoint ou se preocupar com seus alunos recebendo a apresentação no horário. Basta enviar seus documentos (PowerPoint, Keynote, Word) como PDFs e imediatamente daremos acesso à sua apresentação.

Você tem vários modelos para escolher com grandes transições de slide e fácil personalizar modelos, tudo para ajudá-lo a envolver seu público. Você também pode gravar seus comentários ou notas e fazer um slidecast (apresentação + voz).

Com o SlideSnack é fácil compartilhar comentários de voz gravados em um projeto ou apenas fazer notas fáceis sobre um livro e compartilhá-los com seus amigos, clientes ou alunos em seu blog, site, Youtube (como vídeo) ou qualquer outra página de mídia social e também gravar sessões de apresentação e exportar vídeo.

Você pode baixar seus slides (uma sessão de apresentação gravada, incluindo documentos e voz) como vídeo e enviá-los para o Youtube, o Vimeo ou qualquer outro serviço de compartilhamento de vídeo.

LINKEDIN SLIDESHARE

É também um bom lugar para fazer upload de apresentações para compartilhar com seu público.

Por um lado, o serviço suporta vários formatos de arquivo, exibição de textos e documentos, como: PDF, ODP, PPT, PPS, PPTX, PPTS, DOC, DOCX, ODT, etc.

O tamanho permitido do arquivo é de até 300MB.

Além disso, ele também permite compartilhamento de Apresentações que estão armazenados na nuvem, como: Dropbox, Google Drive, Box, Onedrive, etc.

Ao compartilhar apresentações no LinkedIn SlideShare, você tem condições de, além da hospedagem, definir se será um arquivo público ou privado. Se for privado, tem a opção de fornecer o link a interessados.

SPEAKER DECK

Speaker Deck é a melhor maneira de compartilhar apresentações on-line. Basta carregar seus slides como um PDF, e o mesmo será transformado em uma bela experiência on-line. É possível visualiza-los no SpeakerDeck.com ou compartilhá-loss em qualquer site com um código embutido.

A opção Slidesnack, lhe permite fazer upload das apresentações em PDF, com um limite de até 50MB.

Entre as peculiaridades da plataforma Speaker, é muito mais fácil compartilhar a sua apresentação através dos botões Twitter e Facebook

Também é possível baixar no formato PDF.

SLIDE ONLINE

Carregar, compartilhar e visualizar Apresentações online.

SlideOnline permite que você envie e compartilhe apresentações de PowerPoint e PDF online, com a vantagem de ser gratuito.

Dê mais exposição às apresentações de seus negócios, slides educacionais e de marketing ao fazer o upload de sua apresentação PPT ou documentos PDF on-line e compartilhá-los em redes sociais (Google+, Facebook) ou incorporar em qualquer site ou blog (WordPress, Tumblr, etc.).

Se você não deseja converter sua apresentação para PDF e deseja fazer o upload diretamente no PowerPoint, utilize a plataforma SlideOnline, que admite tanto PPT como PPTX.

Depois de ter carregado a apresentação, SlideOnline torna mais fácil o compartilhamento do link em redes sociais ou integrá-lo com o seu leitor em sua página pessoal nas redes Tumblr e WordPress.

Também permite comentários e, como um criador, incluem notas que complementam a apresentação.

BEAMIUM

Na plataforma você pode:

  • Compartilhar seus slides online do navegador para o navegador.
  • Envolver seus espectadores, aprimorando as interações e capturando leads.
  • Basta fazer o upload de um PDF, JPG ou PNG e compartilhar o link de acesso.
  • Ideal para compartilhar apresentações de negócios e lançamentos de vendas.
  • Aumente o engajamento, obtenha mais contatos e mantenha contato.
  • Analise o sucesso da sua apresentação.

Compatível com documentos PDF, JPG e PNG, Beamium. Ele permite compartilhar apresentações online para visualização à distância e até mesmo usá-los em sua apresentação em tempo real.

Entre as suas características, você pode controlar a reprodução, desliza em dispositivos diferentes se você quiser fazer a apresentação remotamente por vídeo, sendo compatível com a maioria dos navegadores,PC, Mac, smartphones o comprimidos.

Versão gratuita mantém apresentações online durante 14 dias para quando pretende-se fazer uma apresentação em um dia específico. Mas se você quiser utilizar o Beamium com uma estadia mais longa, você pode optar por um dos dois planos de pagamento.

É isso pessoal!


Esperamos que tenham gostado das informações. Em breve novas dicas para você!


Entre em contato e solicite informações! Estamos à disposição para atendê-los!


Como está o seu poder de criação? Com dificuldades? Fale conosco!


Baixe nossa Apresentação Institucional!

Desejamos sucesso a todos!


Como elaborar um pitch

Olá pessoal!

A R2 Creative vem compartilhar com vocês um tema interessante que envolve pessoas, projetos e atividades relacionadas ao mundo empreendedor, mas especificamente o universo das Startups.

Os artigos a seguir foram escritos pelo pessoal da Anjos do Brasil e a parte final pelo Jornal de Negócios.

O objetivo principal é orientar e dar informações para que empreendedores possam criar Apresentações ideais, como diz o artigo, quase perfeitas, a fim de conseguir investimentos para seus negócios/projetos. Vejam a seguir os artigos. Espero que possa ajudá-los a criar o melhor conteúdo e consigam fazer uma ótima apresentação.

Fonte: Anjos do Brasil

O pitch é uma ferramenta usada pelos empreendedores para “vender” o projeto de sua empresa para potenciais investidores. O tempo de apresentação é curto e deve conter informações que sejam capazes de chamar a atenção, como:

  • Que tipo de solução inovadora o negócio está trazendo. 
  • Estimativa do tamanho do mercado e potencial de crescimento.
  • Estratégia de crescimento: como os clientes serão alcançados numa operação eficiente e de baixo custo.
  • Demonstração de como será o crescimento sustentado sem necessidade de grandes investimentos adicionais ou pessoas de competências específicas.
  • Credenciais dos fundadores e conselheiros, incluindo experiências e expertises.
  • Projeções financeiras: metas, tempo e capital necessários para alcançar o break-even.
  • Projeção de cenários num período de até 5 anos.
  • Opções de saída do investidor: quem pode ser potencial comprador, quanto costuma-se pagar, quanta receita e crescimento serão necessários para despertar o apetite de compra.
  • Condições do termo: demonstrar como o investimento será usado de maneira eficiente e como o percentual de participação oferecido justifica o investimento financeiro e intelectual do anjo.

Para aprender a elaborar um pitch, sugerimos o capitulo “O Pitch (Quase) Perfeito” do livro digital “Dicas e Segredos para Empreendedores”, que pode ser adquirido na loja brasileira da Amazon e lido em qualquer computador (Windows ou Mac), Tablet (Kindle, iPad ou Android) ou ainda em Smartphones (iPhone, iPod ou Android) clicando aqui.

50% dos direitos autorais deste livro serão utilizados pela Anjos do Brasil para apoio ao investimento anjo.

Adquirindo o livro você ainda receberá senha para acessar:
1. Modelo em PowerPoint para elaborar seu Pitch
2. Vídeo/Entrevista sobre como elaborar um Pitch
​3. Vídeos exemplos de Pitches.

A Apresentação

Detalho abaixo como elaborar cada slide do Pitch:

Slide 1 – Identificando a Oportunidade

Um pitch deve começar indicando qual a oportunidade que sua empresa irá atender, isto é, qual o mercado e a necessidade que o mesmo tem e não é bem atendida pelos players majoritários, de forma bem objetiva e direta. Exemplo: “Nós iremos resolver o problema das perdas na distribuição de água” -> aqui você já determinou o mercado (“distribuidoras de água”) e a oportunidade (“resolver o problema das perdas”).

Slides 2 e 3 – Apresentando a sua Solução

A seguir apresente rapidamente qual a solução que propõe para atender a necessidade da oportunidade já destacando a sua inovação/diferenciação. Continuando o exemplo anterior: “através uma tecnologia própria não-invasiva de monitoramento ativo que identifica os pontos de perda para reparo”. Veja que não foi necessário detalhar como a mesma funciona, mas ao mesmo tempo já destacou um diferencial (“tecnologia própria”).

Insira amostras do seu produto/serviço, sejam telas do mesmo, fotos de um protótipo, um vídeo explicativo, etc. Tudo que tanto facilite o entendimento quanto demonstre sua capacidade de execução.

Slide 4 – Destacando seus Diferenciais

Você deve agora reforçar suas vantagens competitivas perante a solução dominante do mercado. Observar que deve-se comparar com quem já tenha maior market-share no mercado que irá atuar independentemente de ser similar. Exemplo: “Nossa tecnologia, diferentemente do maior player deste mercado, não precisa que se instalem medidores específicos, pois monitoramos o fluxo de água por nosso equipamento de detecção”.

Slide 5 – Explanando sua Proposta

Aqui, se você estiver apresentando para um investidor, deve apresentar qual o estágio do seu negócio, qual valor do investimento está buscando e para que será utilizado. Exemplo: “Já temos um protótipo funcional testado e avaliado pela companhia XYZ e estamos buscando um investimento de R$ nnn para completar o desenvolvimento, fabricar as unidades piloto e fechar os primeiros contratos”. E completar perguntando se teria interesse em avaliar para investir.

Se você estiver apresentando para um cliente, deve apresentar qual sua proposta comercial. Exemplo: “Nossos serviços são remunerados com uma parte da economia que gerarmos para sua empresa; você não precisará fazer qualquer investimento”.

Concluída a elaboração da apresentação, simule a mesma tanto utilizando os slides quanto sem os mesmos para verificar que está consistente. Busque apresentar para colegas e amigos, solicitando feedbacks, em especial se está atrativa despertando o seu interesse.

* Confira mais conteúdo sobre um pitch de sucesso no site da Anjos do Brasil.

Fonte: Cassio A. Spina foi empreendedor por 25 anos, sendo atualmente investidor-anjo. É o fundador da Anjos do Brasil e autor do livro “Investidor-Anjo – Guia Prático para Empreendedores e Investidores”

 

Fonte: Jornal de Negócios

Para podermos ilustrar um pouco mais como elaborar uma bela e eficiente apresentação, ver a seguir algumas dicas importantes. O primeiro passo é conhecer os grandes mitos sobre essa apresentação tão usada por startups:

Mito 1 – O meu projeto é complexo demais para ser explicado em apenas três minutos
“Essa é a frase que eu mais ouço e ela está errada”, afirma Sollich. As propostas de startups são sempre complexas. A questão é como torná-las mais fáceis, argumenta. O truque aqui não é fazer todas as explicações sobre o projeto caberem em três minutos de apresentação, mas escolher três ou quatro pontos cruciais, aqueles que você realmente quer que os investidores se lembrem, e expô-los bem

Mito 2  Fazer um pitch depende de talento
A frase é simplesmente uma mentira. A verdade é que todo mundo pode aprender a fazer um bom pitch. É uma questão de treino e preparação. “Não se trata de um talento que cai do céu – ou se tem ou não – mas sim de uma arte que pode ser aprendida”.

Como conquistar a atenção (e o coração do investidor)
Mitos deixados de lado, é hora de entender um fator essencial para a elaboração de um pitch bem-sucedido. “As pessoas são humanas (pelo menos a maioria delas). Elas têm um cérebro, mas possuem algo mais poderoso: o coração”, diz o especialista. O caminho mais certeiro para o bolso dos investidores é tornar isso pessoal. “Damos fatos e dados e esperamos que argumentos convençam. Não é o que acontece”. Um bom pitch é aquele que consegue fazer as pessoas se importarem. “É preciso surpreender e entreter”.

O que fazer na apresentação

1. É necessário pensar no público e tentar se colocar no lugar dele. Ao contrário de você, que está imerso na sua startup, a audiência não está. Eles não sabem o que você faz. E recebem muita informação rapidamente.

2. Tempo e dinheiro são duas medidas universais. Use e abuse delas. “É preciso dar explicações de maneira a tratar de coisas que as pessoas conhecem e entendem”, afirma Sollich. É o caso, por exemplo, de uma empresa de software que diz ser capaz de reduzir o tempo necessário para realizar determinada tarefa de 2 semanas para 5 minutos. Todos conseguem entender.

3. Pergunte-se por que a sua startup é necessária. “As pessoas não compram o que você vende, mas sim o problema que você resolve, a solução que apresenta”, diz o Doutor Pitch.

4. Comece a apresentação expondo o problema que a sua startup irá resolver antes de revelar a sua solução. Do contrário, é como mostrar o fim de um filme logo no início. “Talvez o Tarantino consiga fazer isso dar certo, mas é a exceção. Não estrague a surpresa”.

5. Mostre que você se importa e gosta do que faz. A última coisa que você quer é parecer que há alguém com uma arma apontada em sua cabeça quando você estiver no palco. É importante convencer o investidor de que será divertido trabalhar com você. “Energia é uma palavra chave para um pitch bem-sucedido”, afirma o especialista.

6. Pratique, pratique, pratique e pratique mais um pouco. Faz diferença. Não menospreze o treinamento.

O que não fazer

1. “Não pense que você é o Brad Pitch”, brinca Sollich. Fazer um pitch não é atuar. É importante ser autêntico. O público costuma perceber com facilidade quando alguém está tentando ser o que não é. A dica aqui é encontrar seu próprio estilo. Se você é tímido, não tente parecer extrovertido.

2. Apesar de o tempo ser curto, não dispare a falar feito uma metralhadora. O ideal é não ser rápido nem devagar. Para isso, seja o mais preciso possível nas palavras que escolher.

3. Não tente impressionar seu professor de inglês (ou mesmo de português). O momento do pitch não é a hora de sofisticar o vocabulário. “Escolha palavras “preguiçosas” e frases fáceis de serem compreendidas. Pense que você está falando com uma criança de 8 anos”, afirma Sollich.

4. Não ponha tudo a perder com uma apresentação em PowerPoint mal feita. A culpa será sua e  não do PowerPoint. “As pessoas costumam ser preguiçosas. A apresentação que você envia por e-mail não pode ser a mesma do pitch”, afirma o alemão. Para um pitch, não é possível usar muito texto. Simplesmente porque enquanto as pessoas estão lendo, elas não estão prestando atenção em você.

5. Não estresse seu público. Quando as pessoas não conseguem ler todas as informações nos slides, elas ficam estressadas. O ser humano não gosta de estresse. A tendência é se voltar para o próprio smartphone e você perde a atenção da plateia.

6. Use belas fotos, mas jamais deixe marcas d’água de agências como Shutterstock e Getty Images. Compre as imagens. “Investidores interpretam essa ação como falta de comprometimento”, afirma Sollich. Aí, você já consegue imaginar o resultado, certo?


Gostaram? Esperamos que sim e possa ajudá-los a atingir seus objetivos!


Entre em contato e solicite informações! Estamos à disposição para atendê-los!


Como está o seu poder de criação? Com dificuldades? Fale conosco!


Baixe nossa Apresentação Institucional!

Desejamos sucesso a todos!

Em breve mais novidades e dicas para você!


 

Porque acadêmicos e consultores estão apostando em Apresentações Personalizadas e de qualidade?

Bom dia a todos!

Quero compartilhar com vocês uma tendência que vem crescendo desde 2015 e tem oferecido grandes resultados no desenvolvimento das ações de alunos e professores em faculdades e universidades, além de consultores. Falo de Apresentações, que batizamos aqui na R2 Creative como Pacote Acadêmico, sendo muito requisitadas principalmente nas apresentações especiais durante o ano letivo, com destaque para aquelas de fechamento de uma temporada de estudos ou conclusão de cursos, como TCC’s, Monografias, Teses, etc.

A possibilidade de enriquecimento da informação no momento de transmitir a mensagem é muito maior, pois nossos designers as elaboram com empenho, carinho e cuidados especiais, para que os resultados sejam os melhores possíveis e o objetivo do aluno seja atingido com louvor.

Uma apresentação bem elaborada trás inúmeros benefícios, principalmente aquelas feitas presencialmente, pois são criadas para atender exclusivamente a dinâmica de apresentação do interessado, se adequando às necessidades dele contar a “história” ideal e transmitir as informações de forma mais atraente e precisa.

Diversos alunos e pessoas que estão participando de cursos do ensino superior nos procuram para conhecer nossos métodos e possibilidades, a fim de usufruírem de um conteúdo especial para suas Apresentações. Não importa o assunto, todas elas são planejadas, idealizadas e elaboradas sempre para atender ao aluno, nos deixando felizes por podemos contribuir com nossa expertise para que possam completar com destaque um importante capítulo de suas vidas.

Além deles citamos os professores como usuários importantes deste tipo de ferramenta, que, com maestria, conseguem transmitir seus conhecimentos através de Apresentações bem elaboradas e capazes de transformar a vida de pessoas que participam dos cursos que ministram. Sabem do valor de um bom conteúdo como base para novos conhecimentos e preparação para o futuro e por isso sabem também que este conteúdo tem de ser bem preparado para que o resultado seja alcançável.

Além destas possibilidades, vem crescendo também o interesse de profissionais liberais e consultores independentes, mais voltados a produtos e serviços oferecidos por eles, além da necessidade de criação Apresentações de cursos completos de qualidade que ministram e serão utilizados em suas atividades profissionais diárias.

Enfim, existem muitas opções neste nicho atraente de transmitir informações com qualidade, que permite o destaque em suas atividades. Como todos sabem, informação é a base do conhecimento e por isso mesmo base de poder e objetivos atingidos.

Tudo é idealizado e planejado com muito carinho para que consigamos entregar a melhor Apresentação que necessitam para estes momentos especiais,

A você aluno, professor, consultor e profissionais liberais, fazemos o convite para conhecer todas as possibilidades de terem uma ferramenta eficiente e eficaz em todos os sentidos, que irá, com certeza, ajuda-los em suas jornadas futuras.


Entre em contato e solicite informações! Estamos à disposição para atendê-los!


Como está o seu poder de criação? Com dificuldades? Fale conosco!


Baixe nossa Apresentação Institucional!

Desejamos sucesso a todos!


 

Você conhece o Office Mix? Dinamize a criação de sua apresentação Power Point

office-mix-oficial

Microsoft lança o Office Mix para a criação de apresentações do PowerPoint online

Download da nova ferramenta já está disponível no site oficial

Publicado por Lucas Cascelli (http://mobilexpert.com.br)

Há algumas semanas, a Microsoft revelou que estava desenvolvendo uma ferramenta chamada Office Mix para impulsionar o uso do PowerPoint no setor educativo. A empresa não tardou em anuncia-lo oficialmente, e agora o Offce Mix já conta com uma página completa, contendo todas as informações necessárias.
O foco do Office Mix é facilitar a criação de apresentações e aulas interativas online. A ideia é que os professores compartilhem essas apresentações elaboradas através do PowerPoint na internet para que, mais tarde, os alunos tenham acesso a partir de qualquer dispositivo.
Para começar a usar o Office Mix, é necessário fazer o download de um add-in através do site oficial, que só possível se sua máquina possuir as especificações exigidas, como 2GB de RAM, monitor com resolução de 1024x768p e Windows 7, Windows 8 ou Windows 8.1. Após o download e instalação, o PowerPoint ganhará uma nova aba, contendo todas as funções do Office Mix.
Dentre as funções que você irá encontrar, podemos destacar gravações de áudio e vídeo, anotações, perguntas, vídeos online e capturas da tela do próprio computador. Depois que a apresentações tiverem sido criadas, o usuário deve enviá-las aos servidores da Microsoft, onde elas serão transformadas em aulas interativas, chamadas de mixes, para posteriormente serem compartilhadas.
Os professores poderão estabelecer regras para os alunos, como número tentativas ou tempo limitado para responder as questões. Além disso, eles poderão manter o controle das avaliações e atividades dos alunos a todo instante.A princípio, o Office Mix está voltado para a área da educação, mas a Microsoft já estuda outras maneiras de utilizá-lo. Para saber mais informações e fazer o download da ferramenta, visite o site oficial da Microsoft, que também conta com uma série devídeos e tutoriais.

Você ama seus clientes? Como você trata esta questão em seus negócios?

Olá pessoal!

Este assunto é controverso e ainda gera algumas polêmicas, pois muitas empresas, quando estão realizando o planejamento estratégico, de marketing ou outros de igual importância para seus negócios, deixam de observar pontos e questões essenciais para estabelecer um elo de relacionamento com seus clientes, sejam os existentes, como aqueles que estão por chegar. Ter uma visão diferenciada é primordial para atingir seus objetivos.

Hoje estaremos compartilhando uma publicação interessante do site Administradores.com.br que trás algumas dicas para primorar esta visão. Vejam a seguir a publicação:

amar clientes

A história de um funil invertido e o amor que você precisa ter por seus clientes

Encantar quem já faz parte do clube é tão ou mais importante que conquistar novos públicos

70% das experiências de compras são baseadas em como o consumidor se sente que está sendo tratado.

Se, assim como eu, você tem se aventurado um pouco no mundo do marketing online, tenho certeza de que já ouviu o termo “funil de marketing” antes. Sendo honesta, isso não era algo que tinha algum apelo para mim. Sempre me pareceu apenas uma forma de otimizar o número de pessoas que estão lhe dando dinheiro, o que não me importa muito.

Então, quando eu me deparei com um texto do co-fundador do MailChimp, Ben Cestnut, sobre o quanto ele odeia funis, eu fiquei animada em perceber que o funil tradicional não é a única maneira bem sucedida para as companhias fazerem o marketing.

Na verdade, a companhia de Ben pegou o funil e o inverteu antes de utilizá-lo e isso parece estar funcionando bem.

O funil de cabeça para baixo, ou como amar seus clientes

Caso você não esteja familiarizado com a ideia do tradicional funil do marketing, ele funciona da seguinte maneira: você recebe muitos visitantes no seu site – eles estão no topo do funil. Enquanto eles chegam próximo a pagar algum dinheiro a você (a pequena parte inferior do funil), mais e mais visitantes saem do seu funil. Os seus clientes são os poucos que sobram na parte inferior.

Ben explica o processo de converter esses visitantes em clientes da seguinte forma:

“Alguns deles se tornam condutores e, depois que você faz algo (a recomendação usual é bombardear os condutores com automação de marketing), eles cedem e lhe pagam, assim se tornando ‘clientes’”.

No MailChimp eles não estão contentes em empurrar os clientes através do funil dessa forma. Ao contrário, eles inverteram toda a ideia. O que eu adoro nessa abordagem é que é tudo sobre amar os clientes que você tem, em vez de caçar pessoas que você nem ao menos conhece. E Ben faz uma ótima observação que quando você está nos estágios iniciais do seu negócio pode funcionar muito bem:

“Quando você começa um negócio, você não precisa de um orçamento para marketing. Você não tem tempo ou o talento para isso, também. A única coisa que você tem é a sua paixão… Pegue essa paixão e mire para os seus clientes.”

Essa é a forma mais animadora de descrever o marketing que eu escutei ultimamente (ou desde sempre, provavelmente). E apesar de Ben admitir ser uma abordagem bastante estranha comparada com as normas do marketing, parece funcionar:

“Quanto mais eu olho, mais eu penso que é a forma mais normal, mais humana e mais sustentável de gerir o seu negócio.”

De fato, uma pesquisa realmente mostra que 70% das experiências de compras são baseadas em como o consumidor se sente que está sendo tratado. À luz disso, amar seus clientes faz total sentido.

Antes de vermos alguns ótimos exemplos de outras companhias que estão fazendo isso e formas para que você possa fazer também, vamos apenas refinar as ideias em alguns pontos:

1. Ame os seus clientes – vá além da norma
2. Foque nos clientes que você tem agora e os mantenha por perto
3. Deixe que os seus clientes já existentes espalhem a marca para você

Eu não diria que isso é fácil, porque encantar os seus clientes vai sempre exigir esforços, mas definitivamente parece mais divertido e menos repulsivo do que o modelo tradicional.

Exemplos poderosos de como colocar o funil de cabeça para baixo

Há algumas companhias que já estão trabalhando com o funil invertido e surpreendendo seus clientes que já existem. Aqui vão apenas três lições que podemos aprender com os exemplos.

1. Faça com que o seu cliente se sinta parte do clube

Um dos exemplos da MailChimp que Ben fala em seu texto é sobre a forma como eles usam a publicidade tradicional – anúncios em rádios e outdoors – para atingir os clientes que eles já têm. Ao colocar outdoors que mostram apenas o logo da MailChimp, eles não estão tentando atingir ninguém que já não saiba com o que o logo está relacionado, ou o que a MailChimp faz. Em vez disso, eles estão dando aos usuários aquele ótimo sentimento de fazerem parte de uma piada que outras pessoas não entendem. Todos nós amamos uma piada interna, e no caso do marketing, é uma ótima maneira de adicionar algum humor e personalidade à sua marca.

Implementar um status especial VIP para os clientes também tem esse efeito. Um estudo feito por pesquisadores de Stanford e Havard aponta que, na verdade, nós vivemos para os rótulos que nos dão. Quando os pesquisadores rotularam metade dos participantes como “politicamente ativos” e não deram nenhum rótulo para a outra metade, aqueles com rótulos estavam mais dispostos a votar.

Resumindo: Faça seus clientes se sentirem parte de alguma coisa. Não apenas uma vez, mas repetidamente – isso é o que o MailChimp faz por seus usuários, todas as vezes que eles ouvem um anúncio no rádio ou veem um cartaz que é apenas para eles.

2. Faça o fornecimento maior, sem taxas, para clientes que já existem, sua prioridade

Essa parte de amar os seus clientes faz sentido para mim, já que se relaciona com o que eu faço todos os dias. Conteúdo de marketing é um bom exemplo de prover valor para os clientes que já existem, além dos produtos e serviços que eles compram de você.

Na verdade, a parte legal sobre compartilhar conteúdo como nós fazemos no Buffer é que nós podemos compartilhar isso com pessoas que vão além dos nossos usuários existentes. Mesmo que muitos de nossos leitores nunca se cadastre no site ou nunca migre para um plano pago, compartilhar nosso conteúdo ajuda a nos conectar com muito mais pessoas do que o marketing tradicional faria. E, na verdade, através das redes sociais e do nosso blog, nós podemos, de fato, nos conectar com vocês – não é um canal de mão única, como a maioria no marketing tradicional.

Eu amo a citação de Ben sobre como nós devemos tratar clientes que querem desfrutar do nosso conteúdo:

“Dê poderes a eles. Quando eu digo `dê poderes a eles’ eu quero dizer para você dar poderes aos clientes sem nada exigir. Porque quando as companhias fazem as pessoas se cadastrarem ou assinarem algo para terem direito ao download de seus conteúdos, nós todos sabemos que eles estão prestes a nos guiar para o moedor de carne da automação.”

Nós todos conhecemos essa sensação, certo? Nós relutantemente entregamos nosso e-mail, então cautelosamente verificamos nossa caixa de entrada para encontrar os três novos e-mails dos últimos cinco minutos, apenas porque queremos muito o conteúdo. E, normalmente, nós nem gostamos do conteúdo ainda. Se é um eBook ou um arquivo PDF que nós queremos baixar, não podemos nem mesmo conferir primeiro para ver se vale a pena dar o nosso e-mail por ele. Não é uma boa experiência para o cliente, é?

Mas, como profissionais de marketing, nós sabemos o quão valiosos esses endereços de e-mail são. Então, o que podemos fazer? Wistia tem uma ótima política para pedir endereços de e-mail, quando as pessoas assistem aos seus vídeos, que nós podemos tirar algumas lições:

“No Wistia Learning Center, nós usamos formulários de e-mail no fim de cada vídeo. Esses formulários geram novos assinantes para nós, mas tão importante quanto, eles fazem sentido para a pessoa. É improvável que alguém esteja procurando um jeito de se inscrever antes de visualizar o conteúdo, mas, no fim das contas, o formulário faz sentido contextualmente.”

Eu amo essa última frase. Faz sentido, não é? Ninguém quer se inscrever em algo sem ter testado antes. Nós queremos ver e avaliar antes. A equipe da Wistia até admite que isso pode prejudicar seus números, mas vale a pena por fazer seus clientes sentirem que foram bem tratados.

“Essa abordagem pode nos custar em temos de número de inscritos, mas se torna uma forma melhor de estabelecermos confiança com o tempo.”

E, depois de tudo, se as pessoas estão entregando seus endereços de e-mail quando elas na verdade não querem, vão ser apenas estatísticas de vaidade, certo? Que perda do nosso tempo. É melhor gastar nosso tempo surpreendendo os clientes que já existem com mais e mais ótimos valores e construindo confiança com eles ao longo do tempo.

Resumindo: Dê aos seus clientes mais do que aquilo por que eles pagam, mesmo que eles não tenham pago por nada ainda. Surpreenda-os entregando mais com o passar do tempo. E não peça nada em troca. Se você é realmente generoso com seus clientes, eles irão retornar o favor sem a necessidade de que você peça por isso.

3. Faça seus clientes se sentirem importantes

Fazer partes de clubes é um ótimo sentimento. Todos nós gostamos de pertencer a alguma coisa. Mas, ser uma importante parte do clube é muito melhor. É por isso que nós vemos clientes vestindo camisas de marca ou se gabando sobre quem eles conhecem em uma companhia X. Se nossa companhia é um tipo de clube legal em que todos querem estar, vai ser ainda melhor ser mais do que “apenas um membro”.

Uma ótima forma de fazer isso é destacar as conquistas dos seus clientes ou histórias de sucesso usando seus produtos. A IdeaPaint mostra exemplos de clientes usando seus produtos em sua página do Facebook. Outro exemplo dessa estratégia é a empresa de planejamento de tarefas Todoist, que mostra histórias de sucesso dos usuários com seus produtos no blog da companhia.

Nós recentemente compartilhamos algumas histórias fabulosas de serviço ao consumidor no blog do Buffer, as quais incluem ótimos exemplos de empresas que fazem seus clientes se sentirem importantes. Uma delas foi a história de Lily, uma garota de 3 anos, que apontou que o nome “pão tigre” da Sainsbury não fazia sentido, já que o pão parecia mais com o padrão de manchas de uma girafa. Depois da mudança no nome, graças à sugestão de Lily, as lojas Sainsbury colocaram avisos creditando a mudança a Lily.

Resumindo: Faça os seus clientes se sentirem importantes ao mostrar o sucesso deles e recompensar seus esforços. Reconheça a participação deles e então eles ficarão mais propensos a se importar em ver o seu sucesso.

Há tantas maneiras diferentes de amar os seus clientes que já existem. Quais outros ótimos exemplos você já viu?

Porque ter uma apresentação pessoal?

about_us

Porque ter uma apresentação pessoal?

Houve um tempo em que bastavam um bom currículo, vestir-se bem e sair-se bem nas entrevistas para conseguir oportunidades profissionais. Hoje em dia entendemos que esta questão evoluiu de maneira inteligente e criativa.

E porque inteligente e criativa? Justamente pelo fato das pessoas estarem, cada vez mais, utilizando meios e ferramentas de grande impacto em suas vidas pessoais e profissionais, aproveitando todo o contexto que envolve suas vidas, suas aspirações, ambições e desejos de forma diferenciada dos demais, proporcionado o ideal objetivo atingido.

A visão pessoal, a postura, o linguajar, seus conhecimentos, habilidades, competências, são resultado de sua educação, personalidade e formas de expressão, e aliando todas estas condições a uma Apresentação Pessoal, com certeza poderá ser o diferencial que necessita para conseguir se destacar nos meios que deseja participar.

business-presentation-audience

Muitas pessoas já perceberam isso e procuram, através desta ferramenta, transmitir a mensagem de quem eles são e realizam, o que podem oferecer e onde desejam chegar.

O planejamento da apresentação é fundamental! Faça as perguntas certas para você mesmo (o que eu quero? como realizar? onde desejo chegar? o que desejo ser? o que devo colocar nesta apresentação? quando a utilizarei? até quando?) e assim por diante, até que atenda às suas necessidades. Falar sobre você, seus hobbys, sua vida pessoal, sua forma de trabalho podem fazer a diferença em alguns momentos, pois reflete quem você é.

apresentacao_christopher_galvao_ver2

Temos alguns clientes que, sistematicamente nos procuram para criar apresentações pessoais e direcionadas para seus negócios e projetos pessoais, como forma de obter o sucesso em todos os seus empreendimentos. Trata-se de uma visão atual e com tendência de crescimento. Quanto mais inteligente, criativa e impactante, aliado ao seu poder pessoal e apresentação, melhor serão suas chances entre uma multidão de pessoas que também buscam o mesmo resultado, proporcionando o que chamamos de vantagem competitiva.

Não tem ideia de como preparar uma apresentação pessoal? Procure-nos, nós ajudaremos no planejamento e desenvolvimento de todo o conteúdo. E criaremos uma que atenda aos seus desejos! Conte conosco para uma virada na sua vida pessoal e profissional!

Endobranding: Você sabe o que é?

endobranding

“Endobranding é a forma de a instituição vender, humanizar e difundir uma mensagem, um determinado conceito ou uma ideia que a empresa acredite, fortemente aos seus colaboradores”

Fonte: Fábio Bandeira de Mello, Revista Administradores

Endobranding: uma nova forma de reforçar a marca

Você já ouviu falar do branding interno? Ainda não? O novo conceito pode ser exatamente o que faltava para impulsionar os seus negócios e sua marca.

Marcas, empresas, pessoas, ações, produtos, estratégias, criatividade, metas. Essas, sem dúvida, são palavras continuamente repetidas por todas as pessoas envolvidas com o marketing de uma organização. E, no fundo, os objetivos giram em torno de duas premissas básicas: despertar a atenção do público-alvo e fazer com que esse público lembre o que foi dito, mesmo inconscientemente. Afinal, ninguém quer dar um duro danado em planejar uma campanha para que ela seja completamente esquecida pelo receptor após dez segundos de vê-la.

E quando se fala em público, pensar apenas nos consumidores fora da empresa pode ser um erro estratégico sem igual. Infelizmente, algumas empresas ainda investem muito em comunicação para o mercado, para conquistar clientes, mas nem sempre têm o mesmo cuidado em relação ao público interno. Afinal, aqueles que compõem o dia a dia de uma organização, além de colocarem em funcionamento o negócio, são a verdadeira imagem que a organização vai transmitir para as pessoas de fora.

“Vale destacar que temos um mercado consumidor cada vez mais exigente e mais informado. Um consumidor atento à postura e à atitude da marca. Um consumidor que não tolera um discurso dissonante da prática. Não há como esconder as incoerências estratégicas e os antagonismos existentes entre imagem e identidade. Uma empresa que fala em conexão e comunicação, por exemplo, e não abre espaço para o diálogo interno, certamente não sustentará a sua promessa”, indica Luciane Paim, sócia da agência Oito Endobranding.

Por isso, dar a devida importância ao público interno, seja através de um mix de ações, que podem ser desde o oferecimento de cursos, treinamentos, benefícios agregados e campanhas específicas se torna uma ferramenta para diminuir a rotatividade de pessoal e dar mais motivação, eficiência e qualidade de vida aos colaboradores.

Um conceito que surge como novidade e tem se mostrado eficiente ao trabalhar em conjunto com outras estratégias para o público interno é o endobranding. A ideia é fortalecer uma identidade interna a ser compreendida e valorizada por funcionários de uma organização.

“Endobranding é a forma de a instituição vender, humanizar e difundir uma mensagem, um determinado conceito ou uma ideia que a empresa acredite fortemente aos seus colaboradores. É trabalhar a mesma identidade visual e começar a ter uma estratégia de uniformização na marca para que ela tenha uma cara facilmente assimilada, memorizada e aceita pelo público interno”, indica Paulo Ricardo Meira, doutor em Marketing pela UFGRS e professor do Instituto Legislativo Brasileiro.

Na nova edição do livro Administração de Marketing, os renomados autores Philip Kotler e Kevin Keller já trazem esse conceito e destacam se tratar de “atividades e processos que ajudam a informar e inspirar os funcionários”. Sendo o endobranding o gerenciamento da marca, por exemplo, em um programa motivacional para funcionários, nos eventos que forem planejados, no plano de carreira estabelecido, ou em alguma outra ação envolvendo a organização.

Conheça bem a empresa

Assim como o desenvolvimento e a fixação de qualquer marca, os resultados do endobranding não são automáticos, afinal, não dá pra construir uma marca respeitada, seja ela para o público interno ou externo, em apenas uma ação. Um estudo desenvolvido pela Universidade da Califórnia confirma essa premissa. Os pesquisadores realizaram uma série de experimentos e constataram que frases repetidas, depois de um tempo, são absorvidas mais facilmente pelos ouvintes. Quem escuta, aos poucos, fica familiarizado com o argumento.

Quem trabalha no dia a dia com essa estratégia sabe que uma boa fixação não nasce do dia para a noite. “Endobranding é um processo que demanda certo tempo e envolvimento. Em geral desenhamos um modelo de trabalho em conjunto e vamos adequando as rotas de acordo com as necessidades e de forma integrada com o cliente”, conta Luciane Paim sobre o trabalho desenvolvido pela agência Oito Endobranding.

E para a implementação dessa estratégia, um passo se torna essencial. “A única etapa que é fundamental e não podemos abrir mão é iniciar todo e qualquer trabalho a partir de uma profunda imersão no contexto interno da empresa em questão através de entrevistas, grupos de discussão, observação participante, discussões informais e pesquisas online”, indica Luciane.

Uma das empresas que apostaram nesse conceito foi a Empório Body Store. De acordo com Tobias Chanan, CEO da companhia, uma marca se constrói nos detalhes do dia a dia e o alinhamento da comunicação entre a equipe interna é fundamental para que a entrega seja a esperada pelos clientes. “O aprendizado que tivemos foi comprovar que o alinhamento entre quem somos e porque existimos será decisivo para atingir dos objetivos da companhia”, destacou em seu depoimento ao Oito Endobranding.

A ideia é que as marcas não sejam parte das estratégias de comunicação, mas sim parte estratégica da consolidação da proposta do negócio como um todo. A verdade da empresa deve estar imbuída na atitude e na certeza de seus funcionários que criam e transformam juntos o resultado final, materializando mais que um produto: uma identidade.

NA PRÁTICA

Um exemplo do branding interno é a ação “Senado Solidário”, feito pelo Senado Federal. A imagem de uma flor buscou fazer uma associação positiva com cuidado e carinho e serviu de marca guarda-chuva para diferentes ações de solidariedade, reunidas no hotsite “Senado Solidário” (figura1). O símbolo é então desdobrado em campanhas específicas, como se percebe nas campanhas do Agasalho e Doação de Sangue, em 2012 (figura2 e 2.1) Ambas as campanhas, realizadas em 2012, superaram o êxito do ano anterior, no qual não havia ainda uma estratégia de branding organizada. A identidade visual prosseguiu em 2013 (figura 3), na qual foi possível maior identificação profissional às campanhas.

NÃO CONFUNDA

Endomarketing

Um conjunto de ações utilizadas por uma empresa para vender a sua própria imagem a funcionários e familiares. É a utilização de modernas ferramentas de marketing, porém, dirigidas ao público interno das organizações.

Endobranding

Atividades e processos de administração de marca em programas internos e motivacionais que ajudam a informar e inspirar os funcionários.

*Definição de Paulo Meira, professor e doutor em Marketing pela UFGRS

 

Mulheres lucram com a venda de camisetas bem-humoradas na internet

camisetas-engracadas-do-seu-madruga Loja-Camiseta-da-Hora toto larga o twitter

Olá pessoal!

A criação está presente em todos os lugares e movimentos da sociedade. Quando surgem oportunidades, as pessoas logo se mexem, se agigantam, buscam alternativas, soluções, planejam e encontram sempre formas criativas de se colocar no mercado ou em meios de comunicação. Dentro deste conceito, hoje vamos compartilhar informações de uma onda que está proporcionando às pessoas, principalmente as mulheres, a possibilidade de colocarem em prática sua criatividade e trabalho através de um negócio que tem se mostrado rentável para quem se definiu para ele. E o mais vantajoso, por ser de baixo custo.

Em busca da independência financeira, muitas mulheres têm se aventurado no mercado de franquias de diferentes setores. E uma franchising que tem conquistado cada vez mais o gosto das brasileiras é a “Camisetas da Hora”. A empresa inaugurou um sistema de micro franquias em 2011 e demonstrou ser uma ótima opção para quem quer lucrar com a internet.

De acordo com um levantamento realizado pela e-commerce de camisetas do Brasil, o público feminino já representa 30% dos micro franqueados.

O motivo? A possibilidade de trabalhar em casa, flexibilidade no horário e um retorno rápido impulsionam as empreendedoras para este setor.

Para Marcelo Ostia, idealizador da marca, outra razão que atraiu as mulheres é que os investimentos são acessíveis e variam entre R$ 1.650 e R$ 3.200. “A nova empresária ganha um estoque virtual de camisetas, uma loja virtual onde pode trabalhar sua própria marca e todo um sistema de logística para vender pela internet”, informa ele.

Ele ainda explica como é realizada a instalação da loja virtual: “É feita com a marca da empreendedora. Ela vende os produtos, nós produzimos e cuidamos da logística”.  Segundo Ostia, o retorno financeiro é de curto prazo, mas depende da dedicação de cada empreendedora.

A empreendedora que atentou para esse segmento foi Ana Gouvêa, 35 anos proprietária do e-commerce www.lojadafulaninha.com.br. Ela conta que dois fatores chamaram a sua atenção: primeiro foi o fato de que ela gosta de camisetas divertidas; o segundo foi o mercado em expansão.

“Investi R$ 3.200 para adquirir a ‘revenda’, que depois foi migrada para micro franquia, mais o valor do domínio (R$ 30,00) e só! Recuperei o valor investido em dois meses”, relata. “O empreendimento é fácil, o mercado é imenso e o sucesso só depende da dedicação de cada um”, finalizou.

CONHEÇA OS PLANOS: http://www.camisetasdahora.com/oportunidades-franquias

Fonte: Grupo Eventos de Marketing Digital, Comunicação e Administração no Facebook.

_________________________________________________________________________

R2 Creative! A solução ideal em Apresentações Profissionais e Acadêmicas!

Conheça nossa área de Portfólio: R2 CREATIVE