A R2 Creative deseja a todos!

Bom dia pessoal!

Com a chegada do final de ano e a chegada de um novo, é comum todas as pessoas renovarem seus sonhos e objetivos para aquele que chega recheado de esperanças e possibilidades de novas conquistas.

Fico observando os designers que atuam com a R2 Creative e vejo somente belas criações, belas ideias, belas Apresentações… Não me canso de notar a facilidade que todos tem para demonstrar situações e momentos, seja no mundo corporativo, pessoal ou acadêmico. Todos eles vem recheados de sutilezas importantes, beleza e qualidade visual, cores fiéis aos clientes e objetivos atingidos.

Nosso DNA é pura criação e é através desta força que colaboradores e parceiros realizam belas Apresentações e produtos voltados à Comunicação e Marketing de pessoas e empresas.

Ficamos muito felizes quando nossos clientes conseguem atingir seus objetivos e principalmente quando as nossas criações são parte da conquista de cada um, procurando sempre ser fiel à nossa principal missão: “Através da comunicação criativa, transformar os objetivos das pessoas em realidade”.

O ano de 2017 foi muito bom e será ainda melhor em 2018, só que para isso, temos em mente que temos que ampliar nossa capacidade de criação e assim colaborar com todos aqueles que confiam em nosso trabalho, e é através deste pensamento que passamos hoje para desejar a cada um que fez parte de nossas conquistas até agora, um excelente ano de 2018, fartamente recheado de muitas conquistas pessoais e profissionais.

08 perguntas para sua estratégia de marketing de conteúdo

Olá pessoal!

Hoje vamos compartilhar uma publicação sobre marketing de conteúdo, tão divulgado e ativo que hoje movimenta milhões de pessoas e formas de comunicação por todo o planeta.

Apesar de simples, esperamos que os ajudem a entender melhor sobre esta importante atividade nos dias atuais.

Boa leitura!

contentmarketing1

 

Fonte do artigo: http://marketingdeconteudo.com

Nem sempre ao traçar uma estratégia de marketing de conteúdo, os profissionais envolvidos respondem algumas perguntas básicas que são importantes para o sucesso. Por mais que elas pareçam simples, essas perguntas tocam pontos que podem se tornar críticos se não forem solucionados.

Por isso, fizemos uma lista com 8 perguntas para você se fazer. E se a resposta de algum deles não for positiva, mude o mais rápido possível.

1. Quais são os objetivos de sua estratégia de marketing de conteúdo?

A maioria das empresas não tem uma ideia clara de onde querem chegar com sua estratégia de marketing de conteúdo. Ainda pior, algumas delas sequer sabem onde podem chegar. Um objetivo não pode ser “vender mais” ou então “ter mais likes no Facebook”. É importante tê-los definidos, conhecer quais métricas serão usadas para mensurar o sucesso e acima de tudo, saber o que você tem que fazer para alcançá-lo.

2.  Sua estratégia de marketing de conteúdo está alinhada com a visão geral da empresa?

Qual o papel que seu marketing deverá desempenhar na sua empresa? Além de conhecer seus objetivos, é vital que eles estejam alinhados com a visão de sua empresa. Analise quais são os propósitos de sua estratégia e qual é o caminho que sua empresa irá trilhar. Se eles não estiverem perfeitamente alinhados ou você não conseguir colocá-los próximos, então você tem um sério problema em suas mãos.

3. O seu conteúdo ajuda seu público a melhorar na área de atuação deles?

Você deveria se perguntar isso todo dia. Até nos finais de semana. Se seu conteúdo não está ajudando e educando seu público, por quê continuar investindo nele?

4. Você lê todo o conteúdo que sua empresa cria?

A maioria de gerentes e diretores de marketing não está ciente dos esforços que suas empresas podem estar realizando desnecessariamente todo dia. Para realmente entender o que está funcionando e o que está falhando – em relação à sua estratégia de marketing de conteúdo – você precisa engajar e conhecer todas as peças de conteúdo que sua empresa cria e distribui.

5. Você está se destacando do resto?

Você está criando algo único e de valor? Seu blog leva informações relevantes e de qualidade, que tem a cara da sua empresa? Você é diferente dos seus competidores? Afinal, na maioria dos blogs hoje, é só você retirar a logo do topo da página e colocar a de um concorrente, e ninguém notará a diferença. Acredito que não é isso que você quer para o seu blog.

6. Você está treinando seu time de marketing?

Sempre falamos de envolver sua equipe em sua estratégia de marketing de conteúdo. Você tem um treinamento específico que comunica para seus membros quais são a visão e os objetivos, além das expectativas e dos resultados esperados? Se não, como eles saberão se estão sendo bem sucedidos ou onde eles precisam melhorar?

7. Toda sua empresa está envolvida em sua estratégia?

Fazer com que colaboradores de todas as áreas da empresa participem na criação de conteúdo para sua estratégia de marketing de conteúdo é um grande desafio, mas com ótimas recompensas. Ter diferentes contribuintes para o seu blog será extremamente para criar conteúdo de estilos diferentes, com pontos de vista diferentes e temas variados – que será ótimo para cativar seu público.

8. Você desenvolveu um processo de comunicação para espalhar a visão de sua estratégia de marketing de conteúdo através de sua organização?

(Comece assistindo o Content 2020, da Coca Cola). Tenho certeza que um dos principais motivos da iniciativa que pensou o Content 2020 ter sido adotada rapidamente é o fato de que ela mostra com perfeição a visão da companhia. Como isso é possível? A Coca Cola criou um documento extremamente bem feito sobre o programa que seria o Content 2020. Ele era altamente engajante e compartilhável, fácil de compreender e foi capaz de causar um impacto em milhares de pessoas em curto período de tmepo.

Você pode não ter todas as respostas nesse exato momento – o que é bem normal. Mas você precisa conseguir respondê-las em algum momento. Toda semana – e algumas delas diariamente – você deveria rever essas questões com sua equipe e manter um controle do seu progresso, afinal são pontos extremamente importantes para o sucesso de uma estratégia de marketing de conteúdo.

Quais questões adicionais você acha que deveríamos nos fazer sobre nossas estratégias de marketing de conteúdo? Não deixe de comentar.

——————————————————————

Autor:

Guido Pinto Coelho

Eterno estudante de marketing e publicidade, viciado em Internet e games e totalmente apaixonado por futebol (apesar de ser péssimo jogador.)

Blog corporativo um grande aliado na comunicação empresarial

Fonte: http://midiaria.wordpress.com

Você sabe qual é a definição de blog? Ele pode ser definido como um registro publicado na internet relativo a algum assunto, organizado cronologicamente como um diário. Os blogs são páginas da internet que podem ser colocadas no ar por qualquer pessoa física ou organização e tem como objetivo expor uma opinião para que os internautas possam debater, responder, comentar, etc.

Os blogs podem aproximar as empresas com estruturas organizacionais formais para os clientes. São mídias de comunicação pessoal e interativa, um canal de comunicação perfeito para empresas, principalmente no que trata do relacionamento com os seus públicos. Pode se destacar como vantagens do blog corporativo:

  •  leitura agradável e cronológica;
  •  mídia de fácil manutenção;
  •  baixo custo;
  •  não requer treinamento para iniciantes;
  •  é interativo, permitindo: links, comentários, etc;
  •  é personalizado e demonstra o conhecimento do escritor sobre o assunto abordado;
  •  permite a criação de uma comunidade.

Abaixo, apresento dois exemplos de blogs corporativos que atendem e trazem novidades diárias aos seus consumidores:

– Eu uso a cuca (Carrefour): o Carrefour expõe um conteúdo que trata da qualidade e variedade dos produtos, atendimento, ambiente da loja, responsabilidade social e preços, mantido por clientes que possuem uma relação próxima com a empresa. A palavra CUCA significa, Consumidores Unidos Carrefour.

 

– Blog Consultoria (Natura) : a Natura desenvolveu o blog Consultoria, espaço criado para troca de informações e experiências sobre os assuntos que permeiam a atividade de consultoria, como lançamentos, promoções e temas socioambientais.

 Compartilho um estudo, em que é abordada uma análise dos blogs mantidos por sete das maiores empresas do Brasil – confira aqui.

Muitas empresas ainda têm receio na criação de um blog, de fazer dele um canal de comunicação transparente, e a partir dele gerar comentários ruins e reclamações. A verdade é que um blog corporativo não deve ser tratado só como um canal de relações públicas e imprensa, mas também como uma ferramenta de marketing e relacionamento. Acredite, ele pode ser um grande aliado para sua comunicação!

Infográfico: qual é o retrato do uso das redes sociais nas empresas brasileiras?

____________________________________________________

Fonte: http://midiaria.wordpress.com  (Publicado por )

Recente pesquisa apresentada pela Gentis Panel que entrevistou 1.709 pessoas, de presidentes a estagiários em empresas brasileiras, chegou nos seguintes resultados, destacados no infográfico a seguir:

 

Analisando os pontos de destaque do infográfico e da pesquisa

– 77% dos entrevistados usam Facebook (dentro e/ou fora do trabalho);
– 50% dos respondentes têm o LinkedIn como a segunda rede mais acessada. Vale lembrar que as entrevistas foram feitas com um público corporativo;
– 55% dos entrevistados são a favor do uso de redes sociais em ambiente corporativo.

  • Motivos dos indivíduos serem A FAVOR do uso de redes sociais em ambientes corporativos:

– 80% – Colabora com networking entre profissionais e com a geração de novos negócios para a empresa;
– 60% – Facilita a comunicação e a socialização entre funcionários;
– 44% – Permite estar por dentro do que é falado sobre a empresa na web;
– 43% – Ajuda a aliviar o stress do dia a dia por manter as pessoas conectadas com amigos e familiares.

  • Motivos dos indivíduos serem CONTRA o uso de redes sociais em ambientes corporativos:

– 95% – As pessoas não conseguem separar o uso pessoal do uso corporativo. Perde-se muito tempo de trabalho com assuntos pessoais;
– 31% – Facilita o vazamento de informações confidenciais para pessoas indevidas;
– 31% – Aumenta o risco de exposição indevida da marca por meio de pronunciamentos indevidos de funcionários que não estão autorizados a falar em nome da empresa;
– 31% – Fonte de informação desnecessária e irrelevante para o trabalho;
– 26% – Fazem uma exposição pessoal inadequada ao ambiente de trabalho;
– 12% – Afasta as pessoas de um contato pessoal real mais produtivo e social (olho no olho).

Qual a sua opinião referente ao uso das redes sociais no trabalho?

Comunicação empresarial

Este slideshow necessita de JavaScript.

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.

Comunicação Empresarial é uma atividade estratégica para as diretorias e presidências das empresas.  Ela engloba, nas empresas, a supervisão da assessoria de imprensa, o planejamento, implementação e condução das ações de comunicação interna  — o que envolve o público interno, ou seja, os funcionários da corporação, e todo e qualquer relacionamento com o público externo, no âmbito corporativo. As atividades de Comunicação Empresarial ainda englobam o cuidado com a imagem corporativa, ou seja, com a marca da empresa (não confundir com as marcas dos produtos) e, assim, cuida da imagem da empresa. Os profissionais desta área estão sempre preocupados com o relacionamento da empresa e seus funcionários, bem como junto com a sociedade e seus interlocutores. Eles olham este relacionamento não de forma multifacetada, ou seja, apenas como clientes, fornecedores, parceiros, mas principalmente como formadores de opinião e membros de uma sociedade, que podem auxiliar ou não na preservação da imagem da empresa. Trabalham na área de Comunicação Empresarial principalmente jornalistas, relações-públicas e publicitários; mas, no Brasil, os postos de gerência sênior e de diretoria têm sido ocupados por profissionais de outras áreas, fato este que requer atenção dos profissionais com formação específica, já que Comunicação Empresarial requer um grau de conhecimento que somente os especialistas o têm.

A partir dos anos 1955, principalmente com a fundação da Associação Brasileira de Editores de Revistas e Jornais de Empresa (ABERJE) – marca que representa atualmente a Associação Brasileira de Comunicação Empresarial e a Associação Brasileira de Comunicação Organizacional – a comunicação organizacional evoluiu de forma orgânica, para umstatus estratégico, fundamental para a excelência nos relacionamentos das empresas e instituições com os seus inúmeros públicos estratégicos.

Um dos autores na área de Comunicação Interna, Everaldo Silva, defende em “Manual de Comunicação Interna – Grandes Resultados, Baixos Custos ” que o processo comunicacional de uma empresa nunca estará completo se o seu processo interno não é eficaz.

Assim sendo, Silva diz que Comunicação Interna “é toda troca de informações entre todos os colaboradores, independente do nível hierárquico na organização, através de uma canal oficial denominado “Comunicação Interna” desde que os processos sejam orientados para uma melhora do clima organizacional e sentimento de integração do colaborador com a empresa”. toda empresa, precisa de uma comunicação externa para se empreender, por isso é imprescindivel a comunicação. Até mesmo, fora da empresa, na vida pessoa.

Comunique-se com qualidade! Apresente-se com a R2 Creative !