Um site feito com bacon

Os tempos realmente estão mudando.  Cada dia que se passa apresenta uma inovação ou um coneito diferenciado, que possibilita condições infinitas de particularidades e ações.

Dentro desta linha surgiu uma novidade, no mínimo curiosa e interessante, ou podemos definir também com deliciosa (?) quando pensamos em construir um site (?)…

Para conhecerem esta novidade o pessoal da Bleacher Report lançaram um site com o bacon sendo utilizado como ingrediente visual. Apesar de ser uma novidade temporária, a iniciativa causou inveja a algumas agencias de comunicação pelo mundo.

Vejam alguns detalhes adicionais:

Site esportivo da Bleacher Report, criado pela CP + B, foi coberto pelo ingrediente. Confira vídeo:

Já ouviu falar de PHP, HTML e Bacon? Isso mesmo, o bacon agora está na lista para criar um site. Quem navegou pelo Bleacher Report, um popular site esportivo, com mais de 25 milhões de visitantes únicos mensais, viu um canal virtual cheio de bacon. O internauta podia clicar em um botão na página inicial para mudar a versão bacon do site caso não gostasse do ingrediente. A criação da CP + B pode ser conferida no vídeo abaixo.

“Sabemos que as pessoas odeiam banners tanto quanto eles amam bacon, então fazia sentido usar um para compensar o outro”, disse o diretor criativo da CP + B, Tom Markham. “E nós temos a sorte de trabalhar com um cliente que as vezes tem que fazer coisas inesperadas, como construir um site inteiramente de bacon”.

Assistam o vídeo:

Google cria serviço para pesquisas online

Fonte: http://www.proxxima.com.br

Google Consumer Surveys disponibiliza pesquisas e resultados precisos, mas com custos por número de respostas

O Google Consumer Surveys nasce com objetivo de entregar pesquisas e resultados precisos sobre qualquer coisa que você ou sua empresa queira descobrir. Uma análise com base operacional no modelo Crowndsourcing tem um custo variável de acordo com o número de respostas. O canal virtual disponibiliza rapidamente (no site fala em minutos) relatórios e gráficos por meio de respostas gerias (população dos Estados Unidos) ou segmentação demográfica.