Você sabe o que é o Google Consumer Surveys?

google-consumer-surveys

Olá pessoal,

É inegável a capacidade do Google na criação de novas ferramentas e possibilidades.

Desta vez, vamos comentar com vocês sobre o Google Consumer Surveys, uma ferramenta que, se bem utilizada, pode trazer excelentes resultados em suas pesquisas e vai refletir diretamente nos seus objetivos pessoais e profissionais. A ferramenta promete oferecer informações suficientes para entregar ao público, prestação de serviços melhores e sob medida.

De acordo com Brett Slatkin, Engenheiro de Software do Google, com o Consumer Surveys, instituições poderão dar início à pesquisas para traçar perfis de consumo e preferências, cabendo ao sistema de avaliação do software detectar pontos relevantes para aprimoramentos. Um dos chamarizes desta nova tecnologia é a facilidade em se iniciar uma nova pesquisa e a potencial velocidade em que ela será analisada e respondida.

Por meio do Consumer Surveys, o empresariado poderá dispor em seu site, enquetes criadas em minutos com a plataforma do programa. As novidades, porém, não param por aí. Os consumidores também terão vantagens atreladas ao novo modal de consultas. Caso decidam responder as perguntas dispostas com o sistema, os visitantes terão acesso às regiõesPremium do ambiente, como vídeos exclusivos, artigos e o que mais estiver de acordo com a marca.

As respostas dos clientes às enquetes resultarão em uma análise e cruzamento de informações, com resultados divulgados em alguns dias – tempo bastante menor em comparação ao dado por agências de pesquisa online. O dinheiro movimentado em uma pesquisa advém das respostas dadas por cada visitante, com editores de conteúdos sendo pagos de acordo com o volume de respostas dadas em cada pesquisa criada, e empresários pagando uma média de R$ 0,10 por cada informação avaliada.

Vejam o vídeo!

Boas pesquisas e resultados para todos!

_____________________________________________________________________________________

R2 Creative! A solução ideal em Apresentações Profissionais e Acadêmicas!

Conheça nossa área de Portfólio: R2 CREATIVE

Mulheres publicam mais no Facebook

Woman-with-Computer_Right1

Pesquisa da Gauge revela que as brasileiras publicam 40% a mais do que os homens na rede social.

A Gauge realizou uma pesquisa para entender como as pessoas utilizam o Facebook e como elas se relacionam com as marcas. A consultoria de inteligência digital fez uma série de estudos que abordaram segmentos de consumo – cervejas, destilados, bebidas não alcoólicas, bancos e carros. A pesquisa revela que as mulheres interagem mais no ambiente digital, que 36% dos jovens entre 18 e 25 anos não têm critério para curtir uma página, e 74% dos usuários curtem apenas páginas de produtos que consomem no dia a dia, entre outros.

“Em nossa pesquisa, após uma série de diferentes processos metodológicos, identificamos que as mulheres possuem um papel importantíssimo e, por isso, elaboramos o finding “Elas estão com tudo” – em que destacamos a presença marcante delas no Facebook”, ressalta Dante Calligaris, diretor executivo da Gauge.

Mesmo em páginas com conteúdos dedicados ao público masculino, como de marcas de cervejas e destilados, são elas que mais curtem e interagem – mostrando que o comportamento e os hábitos de consumo das mulheres não só mudaram no mundo real, mas também no digital.

18 a 25 anos
Falta critério, sobra humor: 49% não têm critérios definidos ao curtir uma página no Facebook; 93% curtem páginas de humor; 61% compartilham conteúdo para se divertir e divertir amigos; apenas 30% curtem uma página para ficar informada; 25% para conhecer lançamentos; e 6% curtem páginas para participar de promoções.

26 a 35 anos
O impacto da experiência real: Os principais motivos para curtir uma página são: 65% indicação de amigos; 38% consumo da marca no dia a dia; 35% lembranças de momentos. Além disso, 33% delas buscam promoções e lançamentos e 57% querem dicas de utilização de produtos.

Mais de 35 anos
O curtir tem mais valor: 62% curtem páginas que tenham ligação com a profissão e 80% curtem apenas páginas de marcas que consomem no dia a dia. O que elas buscam são informações para definir a decisão de compra, interação e respostas da marca, e ética e responsabilidade no mundo físico e digital.

Fonte: http://www.proxxima.com.br/

Infográfico: qual é o retrato do uso das redes sociais nas empresas brasileiras?

____________________________________________________

Fonte: http://midiaria.wordpress.com  (Publicado por )

Recente pesquisa apresentada pela Gentis Panel que entrevistou 1.709 pessoas, de presidentes a estagiários em empresas brasileiras, chegou nos seguintes resultados, destacados no infográfico a seguir:

 

Analisando os pontos de destaque do infográfico e da pesquisa

– 77% dos entrevistados usam Facebook (dentro e/ou fora do trabalho);
– 50% dos respondentes têm o LinkedIn como a segunda rede mais acessada. Vale lembrar que as entrevistas foram feitas com um público corporativo;
– 55% dos entrevistados são a favor do uso de redes sociais em ambiente corporativo.

  • Motivos dos indivíduos serem A FAVOR do uso de redes sociais em ambientes corporativos:

– 80% – Colabora com networking entre profissionais e com a geração de novos negócios para a empresa;
– 60% – Facilita a comunicação e a socialização entre funcionários;
– 44% – Permite estar por dentro do que é falado sobre a empresa na web;
– 43% – Ajuda a aliviar o stress do dia a dia por manter as pessoas conectadas com amigos e familiares.

  • Motivos dos indivíduos serem CONTRA o uso de redes sociais em ambientes corporativos:

– 95% – As pessoas não conseguem separar o uso pessoal do uso corporativo. Perde-se muito tempo de trabalho com assuntos pessoais;
– 31% – Facilita o vazamento de informações confidenciais para pessoas indevidas;
– 31% – Aumenta o risco de exposição indevida da marca por meio de pronunciamentos indevidos de funcionários que não estão autorizados a falar em nome da empresa;
– 31% – Fonte de informação desnecessária e irrelevante para o trabalho;
– 26% – Fazem uma exposição pessoal inadequada ao ambiente de trabalho;
– 12% – Afasta as pessoas de um contato pessoal real mais produtivo e social (olho no olho).

Qual a sua opinião referente ao uso das redes sociais no trabalho?

Google cria serviço para pesquisas online

Fonte: http://www.proxxima.com.br

Google Consumer Surveys disponibiliza pesquisas e resultados precisos, mas com custos por número de respostas

O Google Consumer Surveys nasce com objetivo de entregar pesquisas e resultados precisos sobre qualquer coisa que você ou sua empresa queira descobrir. Uma análise com base operacional no modelo Crowndsourcing tem um custo variável de acordo com o número de respostas. O canal virtual disponibiliza rapidamente (no site fala em minutos) relatórios e gráficos por meio de respostas gerias (população dos Estados Unidos) ou segmentação demográfica.