As 10 dicas para tirar o máximo proveito do LinkedIn

linked-in-HMG-Creative

 

Por Fernando Freitas

 

Fernanda Brunsizian, durante o evento: "67% dos usuários do LinkedIn já estão fora dos EUA" (foto: Ricardo Akam)

Fernanda Brunsizian, durante o evento: “67% dos usuários do LinkedIn já estão fora dos EUA” (foto: Ricardo Akam)

São nada menos que 300 milhões de usuários espalhados pelos quatro cantos do planeta. Destes, 6% estão concentrados no Brasil, que reúne 18 milhões de internautas que utilizam a rede e ocupa a terceira posição no ranking global, ficando atrás apenas dos Estados Unidos e Índia. Sim, estamos falando dele: o LinkedIn, maior rede social com foco corporativo do mundo e que, de acordo com a própria equipe da marca, mantém seu crescimento em ritmo acelerado. “São dois novos usuários por segundo”.

Veja a seguir alguns recursos:

1) Tenha um perfil completo
O ideal é ser objetivo e direto, mas sem deixar de preencher todas as informações. Para o sumário, a recomendação é contar a sua história num máximo de dois parágrafos, focando nos resultados que você ajudou as empresas a conquistar. Na experiência, indique os trabalhos anteriores que você realizou, sendo que adicionar fotos, vídeos e apresentações relacionadas às suas atividades consiste numa excelente estratégia. Já quanto aos idiomas, relacione as línguas nas quais você se comunica e o nível de proficiência em cada uma delas. Outra sugestão é de que palavras específicas de cada área devem ser utilizadas (e são até preferíveis). Para quem trabalha com Comunicação, por exemplo, valer-se da expressão “media training” é melhor que tentar explicar que este serviço consiste num “treinamento para executivos aprenderem a lidar com a mídia”. Isto porque, caso alguém vá buscar o perfil de um profissional deste segmento, muito provavelmente utilizará os termos do próprio filão. “Tudo funciona com base em palavras-chave”, explica Fernanda, que atua em São Paulo, onde fica o escritório do LinkedIn para toda a América Latina.

2) Coloque uma foto
Perfis com a foto do usuário são 14 vezes mais visualizados que aqueles sem imagem. Uma forma de aumentar a sua visibilidade, então, é valendo-se deste importante recurso. Por isso, escolha o seu melhor ângulo, capriche no enquadramento e bons negócios!

3) Customize sua URL
O endereço do seu perfil no LinkedIn pode ser customizado. Para isso, basta acessar o menu “perfil” e, em seguida, selecionar a opção “editar perfil”. Depois, é só clicar no item “editar”, que vem ao lado do link exibido logo abaixo da sua foto. Na nova janela que irá abrir, na caixa “URL de perfil público”, escolha a opção “personalize a URL de perfil público” e informe como gostaria que a sua URL ficasse. Como dica, a gerente sugere utilizar seu nome e sobrenome, caso a combinação esteja disponível. “É mais uma forma de você ser encontrado”, enfatiza ela, lembrando que as palavras da URL são indexadas nas pesquisas do Google.

4) Adicione suas conexões
As pessoas com as quais você tem interesses em comum devem ser o foco. Colegas de trabalho e de faculdade, por exemplo, são excelentes opções. Aqui, Fernanda também aproveita para fazer a seguinte indicação: “primeiro, tente encontrar seus contatos através da própria rede. Só envie um e-mail com convite se eles ainda não fizerem parte do LinkedIn. Isto porque você corre o risco de mandar o convite para um endereço eletrônico e a pessoa já ser usuária da rede, utilizando outro”, diz.

5) Siga empresas
O objetivo, aqui, é manter-se informado sobre as corporações que lhe interessam. Por isso, siga tanto aquela em que você trabalha, quanto outras que, por algum motivo, chamem a sua atenção – como uma companhia que você admira e/ou alguma outra na qual você gostaria de trabalhar, por exemplo. “Com isso, todas as atualizações feitas na página da empresa poderão ser visualizadas por você”, pontua a gestora.

6) Siga influenciadores
Tratam-se de líderes de peso no mercado, convidados para escrever conteúdos para o LinkedIn. Você pode seguir tanto canais específicos, quanto os próprios influenciadores, sendo que há mais de 500 opções disponíveis. “São pessoas que podem nos dar novas ideais”, ressalta ela, que também é sincera ao avaliar o atual escopo da página: “hoje, um ponto negativo é que ainda não existe um sistema de buscas por nome. Para encontrar um determinado influenciador, então, é preciso ler toda a lista”, opina.

7) Participe de grupos
Neles, há a possibilidade de debater temas que sejam do seu interesse e, de quebra, conhecer pessoas que também se interessam pelo mesmo assunto. Atualmente, há mais de 2 milhões de grupos disponíveis e, muito provavelmente, a sua área de atuação conta com algumas opções interessantes. Mas lembre-se: cada usuário pode integrar um máximo de 50 grupos. “Ultrapassando isso, acreditamos que prejudica uma participação efetiva”, revela a profissional.

8) Compartilhe
Compartilhar o conteúdo de alguém aumenta as chances de o mesmo ser visto. Por isso, prestigie tanto os posts das suas conexões (aqueles que você efetivamente julgar interessantes), quanto os seus. Fernanda elenca algumas possibilidades: “você pode compartilhar artigos, notícias ou suas próprias atividades: eventos, conferências, apresentações”.

9) Plataforma de Publicação
Esta plataforma permite que você publique textos mais longos. Segundo a própria gestora, ela dá uma mãozinha para quem deseja ‘ganhar seguidores e ampliar sua comunidade’. O bacana é que tanto as suas conexões quanto os seus seguidores poderão visualizar os posts. Não há, então, a necessidade de ser uma conexão direta para ter acesso ao conteúdo, o que aumenta a visibilidade e o impacto das suas mensagens.

10) Encontrar pessoas
No LinkedIn – assim como no ambiente corporativo –, ter as conexões certas é fundamental. Para auxiliar os usuários também neste ponto, Fernanda cita as ferramentas de busca avançada e pesquisa booleana. “Consiste no mesmo tipo de pesquisa utilizada por recrutadores profissionais e permite encontrar pessoas com um perfil específico”.

Anúncios

Você sabe como abrir e editar o Power Point no iPad?

ppt para ipad

Olá pessoal,

Como vocês sabem, além de nosso trabalho incansável para atender aos nossos clientes, procuramos sempre buscar informações que possam colaborar com as pessoas em suas atividades diárias, e como não poderia deixar de ser, o assunto hoje é sobre a utilização do Power Point no Ipad, que por ser de uma tecnologia diferente da habitualmente utilizada no planeta, necessita de algumas ações antes de usá-lo.

Hoje estaremos compartilhando um artigo do site http://ipaddicas.com, postado por André Darugna, e que trata deste assunto. Vejam a seguir:

APRENDA A ABRIR E EDITAR DOCUMENTOS DO POWER POINT NO IPAD (.PPT OU .PPTX)

Olá pessoal, este artigo ensina como abrir os documentos do Power Point. Como falei antes, trabalhar com Microsoft Office no iPad é um dos grandes causadores de “dores de cabeça” entre os usuários do iPad e isso ocorre pois a Microsoft ainda não lançou (e aparentemente não tem planos de lançar) aplicativos oficiais de sua famosa suite de aplicativos para escritório.

Nem tudo está perdido, no iPad contamos com alternativas à altura, como é o caso do Keynote, desenvolvido pela Apple. Ainda acredito que no caso particular do Power Point a versão para iPad (Keynote) da Apple é bastante superior, incluindo diversas facilidades na criação dos slides.

O Keynote é uma boa opção para quem deseja rodar e editar documentos ppt ou pptx no iPad, porém, existem opções de aplicativos (gratuitos) que servem para visualizar os slides do Power Point e outras (pagas) para a edição destes arquivos. Você poderá abrir, ler, visualizar e editar os slides com uma série de aplicativos extras, confira.

Pronto para aprender a abrir e editar os documentos do Power Point diretamente no iPad?

Abrindo Documentos Power Point (.ppt ou .pptx) no iPad

O iPad pode visualizar sem nenhum aplicativo extra os documentos do Power Point, sabiam? Sim, mas isso depende muito de como você receber o arquivo, para que você possa visualizá-los sem nada extra precisará receber os arquivos por e-mail. É uma pena que funcione somente assim, mas não é um grande problema pois afinal podemos baixar gratuitamente aplicativos que nos possibilitam armazenar, catalogar e consultar mesmo offline ditos arquivos.

Abaixo deixo uma lista com os melhores visualizadores de documentos do Power Point:

Documents Reader

docs reader ipad

Desenvolvedor: Wei-Meng Lee
Classificação:4+
Preço: Grátis

Phone Drive

icone phone drive para ipad

Desenvolvedor: Yew Chen Chung

Classificação:17+
Preço: USD 0.99

GoodReader for iPad

goodreader-ipad

Desenvolvedor: Yuri Selukoff
Classificação:4+
Preço: USD 4.99

Documents by Readdle

Documents by readle

Desenvolvedor: Igor Zhadanov
Classificação:4+
Preço: Grátis

Baixar todos eles na  download-on-the-app-store

Editando Documentos Power Point (.ppt ou .pptx) no iPad

Nem só de visualização poderemos viver, muitas vezes queremos criar um documento de Power Point, ou seja, não utilizar o computador, criar os slides diretamente no iPad. Isso sim é possível, como comentei na introdução minha recomendação é o Keynote, mas existem outros também, confira.

Keynote

keynote

Desenvolvedor: Apple Inc.
Classificação:4+
Preço: USD 9.99

Office² HD

office2 hd

Desenvolvedor: Byte Squared
Classificação:4+
Preço: USD 7.99

Documents To Go® Premium – Office Suite

Documents-To-Go-Premium-Office-Suite_ipad

Desenvolvedor: DataViz, Inc
Classificação:4+
Preço: USD 16.99

Quickoffice Pro HD – edit office documents & view PDF files

quickoffice-pro-hd-175

Desenvolvedor: Quickoffice, Inc.
Classificação:4+
Preço: USD 19.99

Baixe todos eles na  download-on-the-app-store

Considerações Finais

Lidar com documentos Office, em especial com os do Power Point é muito simples, basta escolher os melhores aplicativos, claro, antes de tudo devemos entender como funciona o sistema de arquivos do iPad. Você não terá todos os seus documentos em pastas e no mesmo lugar, cada aplicativo abre e armazena seus próprios arquivos.

______________________________________________

Esperamos que possa colaborar com usuários do iPad!

______________________________________________

Entre em contato conosco através de contato@r2creative.com.br e faça uma consulta sem compromissos.

R2 Creative, especializada na criação de

Apresentações Profissionais”

 

Apresentações: porque se preocupar em sua elaboração e resultados?

Olá!

O assunto hoje trata-se do nosso principal produto: Apresentações.

Todos os dias encontramos informações a respeito, todas elas úteis, pois uma complementa a outra.

A R2 Creative recomenda sempre aos clientes ou pessoas interessadas, o máximo cuidado antes de pensar em criar uma apresentação, pois, caso não tenha tudo definido, poderá passar ideias que não atendam às suas necessidades depois dela concluída.

No momento da idealização é importante ressaltar alguns pontos essenciais para a informação correta e o retorno favorável, sendo o planejamento o melhor caminho antes de seguir em frente:

  • O objetivo da apresentação; (Porque eu preciso da apresentação?)
  • Pesquisar requisitos que comporão o seu conteúdo. (Como vou idealizá-la?);
  • Verificação se tenho o conhecimento ou terei de buscar ajuda. (Eu posso fazer sozinho?);
  • Definir local onde será utilizada. (sua utilização será interna ou externa?);
  • Definir o estilo da apresentação. (Ela será tipo institucional, corporativa, profissional ou outra finalidade?);
  • Definição das pessoas que farão uso dela. (Quem utilizará e para que?);
  • Definição do público alvo. (Quem assistirá a apresentação?);
  • Padrão e estilo definidos é essencial? (Vou seguir alguma identidade visual ou criar uma nova?);
  • A definição do formato também é importante. (Que tipo eu vou precisar?);
  • A roteirização correta evita retrabalhos e conclusão rápida por parte da pessoa responsável na criação e execução. (Já tenho o briefing concluído?);
  • A definição do conteúdo é importante. (Eu irei pesquisar ou ficará a critério do contratado?);
  • Cronograma de utilização definido. (Para quando eu necessito dela concluída e até quando será utilizada?)
  • Pesquisa de pessoas ou empresas para sua elaboração. (Quem pode me oferecer um produto de qualidade?);
  • A definição dos valores é uma pesquisa a ser feita. (Quanto vai custar?);
  • A avaliação e retorno de sua aplicação. (Qual é porcentagem de retorno para sua utilização?).

Enfim, são passos importantes antes de pensar em elaborar e criar a sua apresentação.

Existem diversos outros pequenos passos a serem seguidos. Listamos aqui os principais.

R2 Creative – Especializada na Criação e Desenvolvimento de Apresentações.