Uma excelente dica para você que gosta de se comunicar através de vídeos

present me

Olá pessoal,

Hoje vamos compartilhar com vocês informações relacionadas a uma ótima ferramenta para gravação de vídeos, seja ele uma gravação individual, uma gravação compartilhada com uma apresentação ou até mesmo uma gravação apenas de áudio e imagens. Fiz o teste aqui é achei muito interessante para diversas utilizações.

Vou procurar me familiar com a ferramenta e com certeza utilizá-la em algumas aplicações relacionadas ao meu trabalho. Ah! com a vantagem de possuir conta gratuita também.

Já existem diversos tutoriais para aprender como se registrar e usar a ferramenta. Pesquise e use!

Vejam a matéria:

PRESENT.ME – UNINDO YOUTUBE E SLIDESHARE

Fonte: Blog do Enio de Aragon (https://enioaragon.com)

Present.me é um serviço web britânico que permite a criação e o compartilhamento de apresentações a partir de arquivos do Powerpoint.

A grande diferença está no fato de podermos gravar narrativas usando uma webcam e um microfone. A apresentação final mostra os slides no lado esquerdo e o vídeo com a narrativa no direito. Uma visualização miniatura dos slides é mostrada na barra inferior da apresentação.

A sincronização do vídeo com os slides é muito fácil de ser feita e pode ser editada por qualquer um, depois de feito o upload para seu computador. Isso torna o recurso ideal para alunos que queiram um outro ritmo na apresentação, para melhor reter as informações mostradas em determinado slide.

O trabalho colaborativo pode ser explorado nos comentários postados e na edição dos slides. A apresentação publicada possui URL única, o que a torna facilmente compartilhável.

Present.me permite a publicação de 10 apresentações mensais de até 15 minutos gratuitamente.

————————————————————————————-

R2 CREATIVE – Especialistas na criação de Apresentações Profissionais e Acadêmicas

Visite nossa área de PORTFÓLIO

———————————————————————————–

Anúncios

Facebook usa inteligência artificial para fazer usuários cegos “verem” imagens

R2 Creative

Especialistas na criação de Apresentações Profissionais e Acadêmicas!


 

Olá pessoal, tudo bem?

Hoje quero compartilhar com vocês uma novidade que, apesar de estar disponível somente na língua inglesa, vai realmente inovar e trazer muitas alegrias a pessoas com deficiência visual.

Realmente é algo muito legal, atingindo um universo de pessoas que tem dificuldades de acessar o mundo virtual, mas que agora poderão ter sensações antes não acessível.

É claro que, como toda inovação tecnológica, haverá necessidade de ajustes, mas não tenho dúvidas que será um sucesso.

Veja a seguir o artigo de Leonardo Pereira que acabei me deparando numa publicação da Mara Gabrilli:

Olhar digital

O Facebook possui uma comunidade com mais de 39 milhões de usuários cegos e outros 246 milhões que possuem problemas sérios de visão. Para melhorar a experiência dessas pessoas, a rede social desenvolveu um sistema que usa inteligência artificial para descrever imagens de uma forma mais detalhada.

Chamada de “automatic alternative text”, a tecnologia reconhece pontos específicos nas fotos e repassa essas informações aos sistemas conhecidos como “screen readers”, que então leem em voz alta o que estiver passando pelo feed de notícias.

Até então, quando rolava o feed e topava com uma foto, o usuário só ouvia o nome da pessoa que fez o post seguido pela palavra “foto”. Agora há uma descrição mais rica e é possível ouvir coisas como “a imagem pode conter três pessoas, sorrindo, em ambiente externo”.

Num primeiro momento, apenas quem usa o Facebook no iOS em inglês terá acesso à novidade, mas a empresa promete expansões para outros idiomas.

Assista o vídeo:

Os 5 estágios de maturidade no Marketing de Conteúdo

Olá pessoal!

Compartilhando com vocês um artigo da Contentools.

Espero que gostem e os ajude em suas decisões e aplicações.

mkt conteudo contentools

O conhecimento dos estágios da maturidade do marketing de conteúdo é essencial para que as empresas possam entender onde estão e, consequentemente, aonde chegarão em suas estratégias digitais. Algumas questões ajudam a nortear em que estágio uma empresa se encontra. Vamos conhecer melhor cada um deles?

1. Fase inicial

Nessa fase, o foco está totalmente sobre o conteúdo produzido. A empresa investe na elaboração de materiais, mas em geral é por alguma exigência de mercado.

Exemplos: comunicados de imprensa (press releases), folders e novidades sobre produtos e serviços, encartes para publicações do setor e notícias de eventos internos.

Nesta etapa poucos recursos são alocados para o Marketing de Conteúdo e em geral as organizações neste estágio não estão com a visão de expandir seus negócios ou sair do local em que estão (pelo menos até que os concorrentes comecem a superá-las).

2. Fase de germinação

Aquela sementinha do conteúdo já conseguiu vencer barreiras internas e a empresa passa a acreditar no potencial dos conteúdos. Procuram ferramentas que garantam maior visibilidade a seus conteúdos em sites de buscas, já pensa em SEO e pesquisa palavras-chave que poderia usar.

Empresas nesta fase costumam por consequência colher rapidamente suas recompensas. Mas, depois de um tempo, a visibilidade que continua alta já não corresponde mais em pedidos e vendas crescentes – o que é conhecido como ponto máximo do investimento.

3. Fase de crescimento

Nesta etapa, além dos conteúdos sobre os produtos e serviços oferecidos, a empresa passa a produzir conteúdos informativos e úteis aos clientes.

São exemplos: guias de compras e checklists, conselhos sobre como obter mais valor de um produto ou serviço, artigos e posts sobre novidades no mercado que podem impactar a vida dos clientes.

Empresas nesta fase acabam por atrair um número crescente de comunidades sociais nas quais os clientes não são apenas informados, mas na verdade podem sentir o que a marca representa.

4. Fase de destaque

Aqui o conteúdo já não é mais uma semente faz tempo. Ele se destaca, chama atenção para a empresa e atrai muitos interessados para sua sombra. Nesta fase a empresa possui o melhor conteúdo sobre sua área de atuação.

Ela é a referência, a autoridade por possuir sempre a informação adequada ou a melhor resposta para os clientes em seu seguimento. A divulgação de conteúdos em mídias sociais e sites de parceiros são imprescindíveis para caracterizar a facilidade na obtenção destas informações.

5. Fase frutífera

Nesta fase os conteúdos gerados pela empresa para seus clientes são tão bons e úteis que acabam por gerar receita. A empresa já possui controle sobre o quanto investe na produção e na divulgação de conteúdos, quantos interessados atrai, qual o percentual de conversão em prospects e também quantos negócios são fechados. Ou seja, o funil de vendas do marketing digital fica completo e a empresa colhe os frutos, separa sementinhas e as replanta para criar um lucrativo pomar com a organização e divulgação de seus conhecimentos.

Com qual fase você se identifica?

A partir do conhecimento dos estágios de maturidade do Marketing de Conteúdo é possível que as empresas identifiquem em qual fase estão e quais os esforços necessários para se chegar às outras etapas.

Veja a seguir o infográfico:

infográfico_maturidade_conteúdo

08 perguntas para sua estratégia de marketing de conteúdo

Olá pessoal!

Hoje vamos compartilhar uma publicação sobre marketing de conteúdo, tão divulgado e ativo que hoje movimenta milhões de pessoas e formas de comunicação por todo o planeta.

Apesar de simples, esperamos que os ajudem a entender melhor sobre esta importante atividade nos dias atuais.

Boa leitura!

contentmarketing1

 

Fonte do artigo: http://marketingdeconteudo.com

Nem sempre ao traçar uma estratégia de marketing de conteúdo, os profissionais envolvidos respondem algumas perguntas básicas que são importantes para o sucesso. Por mais que elas pareçam simples, essas perguntas tocam pontos que podem se tornar críticos se não forem solucionados.

Por isso, fizemos uma lista com 8 perguntas para você se fazer. E se a resposta de algum deles não for positiva, mude o mais rápido possível.

1. Quais são os objetivos de sua estratégia de marketing de conteúdo?

A maioria das empresas não tem uma ideia clara de onde querem chegar com sua estratégia de marketing de conteúdo. Ainda pior, algumas delas sequer sabem onde podem chegar. Um objetivo não pode ser “vender mais” ou então “ter mais likes no Facebook”. É importante tê-los definidos, conhecer quais métricas serão usadas para mensurar o sucesso e acima de tudo, saber o que você tem que fazer para alcançá-lo.

2.  Sua estratégia de marketing de conteúdo está alinhada com a visão geral da empresa?

Qual o papel que seu marketing deverá desempenhar na sua empresa? Além de conhecer seus objetivos, é vital que eles estejam alinhados com a visão de sua empresa. Analise quais são os propósitos de sua estratégia e qual é o caminho que sua empresa irá trilhar. Se eles não estiverem perfeitamente alinhados ou você não conseguir colocá-los próximos, então você tem um sério problema em suas mãos.

3. O seu conteúdo ajuda seu público a melhorar na área de atuação deles?

Você deveria se perguntar isso todo dia. Até nos finais de semana. Se seu conteúdo não está ajudando e educando seu público, por quê continuar investindo nele?

4. Você lê todo o conteúdo que sua empresa cria?

A maioria de gerentes e diretores de marketing não está ciente dos esforços que suas empresas podem estar realizando desnecessariamente todo dia. Para realmente entender o que está funcionando e o que está falhando – em relação à sua estratégia de marketing de conteúdo – você precisa engajar e conhecer todas as peças de conteúdo que sua empresa cria e distribui.

5. Você está se destacando do resto?

Você está criando algo único e de valor? Seu blog leva informações relevantes e de qualidade, que tem a cara da sua empresa? Você é diferente dos seus competidores? Afinal, na maioria dos blogs hoje, é só você retirar a logo do topo da página e colocar a de um concorrente, e ninguém notará a diferença. Acredito que não é isso que você quer para o seu blog.

6. Você está treinando seu time de marketing?

Sempre falamos de envolver sua equipe em sua estratégia de marketing de conteúdo. Você tem um treinamento específico que comunica para seus membros quais são a visão e os objetivos, além das expectativas e dos resultados esperados? Se não, como eles saberão se estão sendo bem sucedidos ou onde eles precisam melhorar?

7. Toda sua empresa está envolvida em sua estratégia?

Fazer com que colaboradores de todas as áreas da empresa participem na criação de conteúdo para sua estratégia de marketing de conteúdo é um grande desafio, mas com ótimas recompensas. Ter diferentes contribuintes para o seu blog será extremamente para criar conteúdo de estilos diferentes, com pontos de vista diferentes e temas variados – que será ótimo para cativar seu público.

8. Você desenvolveu um processo de comunicação para espalhar a visão de sua estratégia de marketing de conteúdo através de sua organização?

(Comece assistindo o Content 2020, da Coca Cola). Tenho certeza que um dos principais motivos da iniciativa que pensou o Content 2020 ter sido adotada rapidamente é o fato de que ela mostra com perfeição a visão da companhia. Como isso é possível? A Coca Cola criou um documento extremamente bem feito sobre o programa que seria o Content 2020. Ele era altamente engajante e compartilhável, fácil de compreender e foi capaz de causar um impacto em milhares de pessoas em curto período de tmepo.

Você pode não ter todas as respostas nesse exato momento – o que é bem normal. Mas você precisa conseguir respondê-las em algum momento. Toda semana – e algumas delas diariamente – você deveria rever essas questões com sua equipe e manter um controle do seu progresso, afinal são pontos extremamente importantes para o sucesso de uma estratégia de marketing de conteúdo.

Quais questões adicionais você acha que deveríamos nos fazer sobre nossas estratégias de marketing de conteúdo? Não deixe de comentar.

——————————————————————

Autor:

Guido Pinto Coelho

Eterno estudante de marketing e publicidade, viciado em Internet e games e totalmente apaixonado por futebol (apesar de ser péssimo jogador.)

Veja como o Google+, Twitter e Facebook alteram a sua posição no ranking do Google

icones redes

Publicado originalmente por Ívila Bessa

Divulgada nova pesquisa de como o Google+, Twitter e Facebook alteram o posicionamento de uma marca no ranking de buscas do Google. Os dados da Tasty Placement, especializada em marketing digital, referem-se ao desempenho de 6 sites semelhantes exclusivamente criados para a pesquisa.

Como foram realizados os testes?

Cada site criado ficou com uma rede social como meio de divulgação. 10 meses após, a empresa norte-americana analisou um impacto de cada mídia sobre o ranking do Google.

Google+ é o mais relevante, como se esperava

A mídia social da Google, o Google+, contabilizou o principal aumento através da inclusão do botão +1. Em média, 14,6 posições.

Veja o infográfico detalhado da pesquisa:

testing-social-signals

Uma breve história sobre storytelling

Storytelling

R2 Creative – Especializada na criação de Apresentações Profissionais e Acadêmicas.

Olá pessoal,

Hoje estaremos compartilhando com vocês um vídeo interessante e que fala do STORYTELLING de uma maneira muito legal e que vi no blog da mídia diária. Este tipo de mídia é uma das mais antigas do mundo.

Amanhã estaremos postando a definição deste tipo de mídia para seu conhecimento.

Assistam e aproveitem o conteúdo:


R2 Creative – Especializada na criação de Apresentações Profissionais e Acadêmicas.

 

Praias da cidade maravilhosa contarão com serviço Wi-Fi

orla digital copacabana

Fonte: http://midiaria.wordpress.com (Publicado por Lucas Lima)

Praia e internet, será que isso combina? O projeto “Orla Rio Digital” irá fornecer internet gratuitamente para a população, frequentadores e turistas das praias cariocas. Até o final de 2012 o serviço será disponibilizado no Leme e em Copacabana. Em 2013, o serviço será estendido para Leblon, Ipanema, São Conrado e início da Barra da Tijuca. É uma parceria entre as empresas Linktel Corporate, operadora brasileira de telecomunicações, com a Orla Rio.

mapa-wifi-rio

Para garantia total de funcionalidade, controle de conteúdo e acesso, o serviço terá até 16 redes simultâneas. “Já estamos nos preparando para a Copa 2014 e Olimpíadas 2016, quando milhões de turistas virão para os maiores eventos esportivos do mundo. O serviço terá tecnologia semelhante a utilizada em aeroportos como o Heatrow, em Londres, e JFK, em Nova York.

Já os turistas estrangeiros também poderão utilizar o serviço em roaming da Linktel, que possui acordos internacionais com as maiores operadoras de Wi-Fi do mundo, entre elas a Boingo, iPass, Trustive, Swisscom, o que beneficiará estes usuários, que poderão realizar a conexão à internet de forma muito simples, rápida e segura. Os usuários das praias cariocas poderão acessar e-mails e participar de comunidades digitais. Os clientes que possuem crédito no Skype poderão utilizar o Wi-Fi da Orla Rio Digital também para se comunicar com o mundo.

O serviço Wi-Fi da Linktel é o único no Brasil homologado pela Wi-Fi Alliance, que reconhece a operadora como a que possui mais hotspots homologados do que países como Espanha , Bélgica , Hungria e Argentina.

OrlaDigital_foto

Vamos nos conectar na beach?

As novidades do Marketing Digital 2012

As novidades do Marketing Digital 2012 As novidades do Marketing Digital 2012O marketing gital exerce um papel determinante no sucesso de uma empresa na internet. É impossível ter sucesso no comércio eletrônico se sua empresa não é conhecida, não é lembrada e se ninguém nunca ouviu falar da sua marca.

O ano de 2012 chegou e já promete grandes resultados ao comércio eletrônico brasileiro, principalmente, no que se refere ao marketing exercido na web. Em termos de divulgação e exposição da empresa, o avanço tecnológico proporciona mudanças que devem acirrar ainda mais a busca por destaque no mercado virtual.

Neste sentido, as novas características adotadas para o marketing digital neste ano devem estar evidenciadas na estratégia de divulgação das lojas virtuais, para que as mesmas conquistem seu espaço na web.

Sofisticação do SEO

Estima-se que a otimização para sites de busca (Search Engine Optimization) fique mais sofisticada em 2012. Isso porque a difusão muito rápida de informações torna o Google mais exigente para dados relevantes e atuais. Por isso, como a concorrência pela primeira página está aumentando, além das técnicas corretas de otimização é preciso trabalhar com informações atuais e relevantes em sua loja virtual;

Conteúdo relevante nas mídias sociais (Social Media Optimization)

A mídia online deixa de ser simplesmente uma reunião de clientes que buscam receber ofertas, e se torna um canal de informações relevantes sobre temas relacionados ao segmento para atrair o consumidor não apenas com promoções, mas também com informações, principalmente, porque o público está mais exigente e deseja integração;

Links patrocinados ficam mais caros

Um dos motivos pelos quais o SEO estará mais acirrado é porque o custo da divulgação via links patrocinados se tornam mais caras. A procura pela compra de palavras-chave aumenta e a grande demanda eleva o valor das mesmas. Para driblar a situação é preciso saber investir, comparar palavras e sinônimos conforme o segmento da loja;

Vídeos para divulgação

Entre as novidades para o marketing digital 2012 destaca-se o aumento no uso de vídeos como forma de divulgação. Pesquisas indicam que, em média, 900 mil horas de imagens são postadas no You Tube por mês e, além disso, especialistas dizem que até 2015, 90% do conteúdo na internet estará em vídeo. Nesse sentido, que tal começar a desenvolver marketing através de vídeos institucionais, depoimentos e entrevistas com clientes, apresentação e formas de uso de um produto?

O sucesso na web é uma questão de adaptação. Em se tratando de e-commerce, quem sabe se adaptar e ser flexível sai na frente, pois o avanço tecnológico traz mudanças muito rápidas no cenário virtual. Há algum tempo, a divulgação era feita boca a boca, pela TV ou pelo rádio. Hoje, além de ser feita via web, a propagação de informações deve ser adequada ao segmento, ao público e às inovações do mercado.